Depois de quatro empates e quatro derrotas, o Corinthians venceu (3 x 2) o Fortaleza, na noite de ontem (6), na Arena Corinthians, no primeiro jogo após a saída do técnico Fabio Carille, demitido após a derrota (4 x 1) de domingo (3), no Maracanã, para o Flamengo. Com a décima segunda vitória, o tricampeão paulista termina a rodada com 48 pontos.

TRÊS GOLS – Na estreia do interino Dyego Coelho, técnico do sub-20, que comandará o time nos sete jogos restantes da temporada, o Corinthians fez três gols pela segunda vez em 31 jogos no Brasileirão 2019; a primeira havia sido, como visitante, nos 3 x 1 no Fortaleza, na décima segunda rodada, dia 28 de julho, na Arena Castelão, em Fortaleza.

ARGENTINO – O argentino Mauro Boselli, de 34 anos, 1,81m, foi o destaque da vitória. Ele marcou o gol de empate, por baixo do goleiro, aos 37 do primeiro tempo, três minutos após Romarinho abrir o placar para o Fortaleza. Os três gols da volta do intervalo foram de cabeça: Júnior Urso aos 3, Kieza aos 7 e o segundo de Mauro Boselli aos 27 minutos.

CORINTHIANS – Walter, Michel, Manoel, Gil e Avelar; Gabriel, Júnior Urso (Ramiro, 35 do segundo tempo), Pedrinho (Clayson, 24 do segundo tempo) e Mateus Vital; Janderson e Mauro Boselli (Gustavo, 42 do segundo tempo). O próximo jogo é com o Palmeiras, domingo (10), no Allianz Parque.

FORTALEZA – Felipe Alves, Tinga, Quintero, Paulão e Bruno Melo; Felipe, Juninho, Marlon (Nenê Bonilha, 20 do segundo tempo) e Romarinho (Edinho, 30 do segundo tempo); Osvaldo (Mateus Alessandro, 30 do segundo tempo) e Kieza. Técnico – Rogerio Ceni. Foi a décima quinta derrota e o próximo jogo do Fortaleza é com o Ceará.

HOMENAGEM – Antes de Corinthians 3 x 2 Fortaleza, as bicampeãs da Copa Libertadores foram homenageadas. Elas exibiram a taça, na volta olímpica, sob muitos aplausos. O título foi conquistado no Equador, por coincidência sobre a Ferroviária de Araraquara, para quem as corintianas haviam perdido, um mês antes, a decisão do Campeonato Brasileiro.

QUATRO CARTÕES – O árbitro Caio Augusto Vieira, da Federação do Rio Grande do Norte, advrtiu com cartão amarelo os corintianos Gabriel e Júnior Urso, que tirou a camisa para comemorar o gol, e os cearense Felipe e Marlon. Na Arena Corinthians, com muitos lugares vazios, R$828.518,80. 22.208 pagantes.

Foto: UOL