Com o gol do meia Pedrinho, de fora da área, aos seis minutos do primeiro tempo, o Corinthians subiu oito posições ao vencer (1 x 0) o São Paulo, na noite deste último domingo (26) de maio, na Arena Corinthians, e terminou a sexta rodada em terceiro lugar com 11 pontos,  por ter mais um gol marcado que o São Paulo (7 a 6), que sofreu a primeira derrota como visitante. O Santos também tem 11 pontos e caiu uma posição, terminando em quinto após o 0 x 0 com o Internacional.

MAJESTOSO – É assim que os queridos colegas da crônica paulista tratam um de seus clássicos mais importantes. O Majestoso foi disputado com equilíbrio e bem apitado por Flavio Rodrigues de Souza, da Federação Paulista. O árbitro só recorreu ao VAR aos 47 do segundo tempo, quando aplicou cartão amarelo em Sornoza por agarrar Hernanes. O Corinthians manteve a invencibilidade sobre o São Paulo em jogos em sua Arena, agora com 9 vitórias e 3 empates.

CORINTHIANS – Cassio, Fagner, Manuel, Henrique e Avelar; Ralf, Junior Urso, Sornoza e Pedrinho (Mateus Vital); Clayson (Ramiro) e Vagner Love (Gustavo). Técnico – Fábio Carille. Foi a terceira vitória – 2 empates, 1 derrota, 7 gols a favor, 3 gols sofridos – e na próxima rodada o Corinthians volta a jogar em sua Arena com o Goiás. Depois, visitará o Cruzeiro, e fará o clássico com o Santos, na nona rodada, última antes da pausa para a Copa América.

SÃO PAULO – Tiago Volpi, Igor Vinícius (Igor Gomes), Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Hudson, Tchê Tchê e Victor Bueno (Helinho); Antony, Pato e Everton (Hernanes). Técnico – Cuca. Após três vitórias e dois empates, o São Paulo sofreu a primeira derrota. A atuação de Pato, no primeiro jogo contra seu ex-clube, foi apenas discreta. O meia-atacante Everton, ex-Flamengo, saiu irritado ao ser substituído por Hernanes, aos 13 do segundo tempo. O próximo jogo será com o Cruzeiro, no Morumbi.

SETE CARTÕES – O árbitro paulista Flavio Rodrigues de Souza advertiu Avelar, Junior Urso e Sornoza, e o são-paulinos Igor Gomes, Antony, Hernanes e Igor Vinícius. O nível disciplinar do clássico foi satisfatório.

Foto: R7 Esportes