CORINTHIANS E FLAMENGO fazem o único jogo desta 3ª feira (2), na abertura das quartas de final da Copa Libertadores, com todos os 49 mil ingressos vendidos, na Arena Corinthians, em Itaquera, bairro da Zona Leste da capital de São Paulo. O árbitro será o argentino Patricio Loustau, e o jogo de volta, 3ª (9), no Maracanã.

SERÁ O SÉTIMO MATA-MATA entre os times, com vantagem do Flamengo em quatro, como no único da Libertadores, nas oitavas de final de 2010, quando ainda valia o gol fora de casa. O Flamengo venceu o de ida, no Maracanã, por 1 x 0, gol de Vagner Love, e perdeu o de volta por 2 x 1 no Pacaembu. 

SERÁ O QUINTO CONFRONTO dos times no maior torneio sul-americano de clubes, com duas vitórias do Flamengo, uma vitória do Corinthians e um empate. A única Libertadores do Corinthians foi em 2012, quando ganhou também o Mundial de clubes, com o técnico Tite. O Flamengo disputou três finais e ganhou duas.

O CORINTHIANS DEFENDE HOJE uma invencibilidade de 18 jogos em casa, desde que o técnico português Vitor Pereira assumiu, com 12 vitórias e 6 empates. Um dos mais motivados é o meia paulista Willian, de volta ao clube depois de 14 anos na Europa, para participar pela primeira vez da Libertadores.

CORINTHIANS E FLAMENGO fizeram acordo para os dois jogos das quartas de final e tanto hoje (2), na Arena Corinthians, quanto na próxima 3ª (9), no Maracanã, quatro mil ingressos serão disponibilizados para os torcedores visitantes, com os do Flamengo pagando R$140. Os do Corinthians ainda não sabem quanto vão pagar.

CORINTHIANS – Cássio, Fagner, Balbuena, Bruno Mendez e Fabio Santos; Cantillo, Du Queiroz, Maycon e Willian; Roger Guedes e Yuri Alberto. 

FLAMENGO – Santos, Rodinei, David Luiz, Leo Pereira e Filipe Luis; Tiago Maia, João Gomes, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Gabriel e Pedro.

O FLAMENGO FAZ HOJE (2), o primeiro dos sete jogos de agosto: sábado (6), no Morumbi, com o São Paulo; 3ª (9), com o Corinthians; os dois jogos seguidos com o Athletico Paranaense, dia 14, no Maracanã, pelo Brasileiro, e dia 17, em Curitiba, o da volta pela Copa do Brasil; dia 21, em São Paulo, com Palmeiras, e dia 28, no Nilton Santos, com o Botafogo.

Foto: Minha Torcida