Escolha uma Página

Marco Bertorello / AFP

Em sua primeira temporada na Itália, depois de nove anos no Real Madrid, Cristiano Ronaldo estabeleceu seu primeiro recorde, ao marcar os dois gols da vitória deste último sábado (29) do ano, da Juventus sobre a Sampdoria, na Arena Allianz, em Turim, o que levou a heptacampeã ao recorde de pontos (53) de um turno do Campeonato Italiano. Com os dois gols, Cristiano Ronaldo chegou aos catorze, isolando-se na artilharia. A Juventus, única invicta, termina o turno nove pontos à frente do vice-lider Napoli, que teve dificuldade, mesmo jogando em casa, para vencer (3 x 2) o Bologna, um dos últimos colocados.

AOS DOIS MINUTOS – Assim que deu a saída, a Juventus se lançou ao ataque e o meia bósnio Pjanic lançou Cristiano Ronaldo na esquerda. O artilheiro dominou bem a bola e disparou um foguete que o goleiro indonésio Emil Audero, 21 anos, 1,92m, não conseguiu deter. Com o gol, a Juventus passou a exercer domínio, mas acabou sofrendo o empate aos 33, com o gol de pênalti do italiano Fabio Quagliarella, 35 anos, após toque do apoiador Emre Cam, alemão de origem turca.

TRAVE E VITÓRIA – A Juventus voltou do intervalo muito determinada, apertando a Sampdoria, sem deixar o time de Gênova sair do próprio campo. Sete minutos depois de uma bomba na trave, Cristiano Ronaldo fez o gol da vitória aos 20, convertendo o pênalti cometido com o braço pelo zagueiro italiano Alex Ferrari, 24 anos, 1,92m. O goleiro caiu do lado certo, mas não chegou a tocar na bola. Foi o gol de número 100 da Juventus em 2018.

ÁRBITRO DE VIDEO – O árbitro romano Paolo Valeri, 40 anos, que atuou na Copa do Mundo 2018, depois de ter sido o melhor do Campeonato Italiano, recorreu ao árbitro de video nos dois pênaltis. Valeri acrescentou sete minutos ao segundo tempo, devido às paralisações, e voltou a usar o árbitro de video, nos acréscimos, para anular, com acerto, o gol do meia Riccardo Saponara, aos 49 minutos, por impedimento, que chegou a parecer duvidoso.

30 FALTAS, 3 CARTÕES – Juventus 2 x 1 Sampdoria foi um jogo intenso e pegado, com 30 faltas (17 da Sampdoria) e três cartões amarelos: Rugani, zagueiro, e Matuidi, meia, os advertidos da Juventus. O zagueiro Alex Ferrari, da Sampdoria, levou cartão pelo toque no lance do pênalti.

it.blastingnews.com

OS INVICTOS – O técnico Massimiliano Allegri, da Juventus voltou a elogiar a determinação do time que lidera invicto o campeonato: Mattia Perin, De Sciglio, Ruagni, Chiellini e Alex Sandro; Emre Cam, Pjanic e Matuidi (Douglas Costa, 37 do segundo tempo); Dybala, Mandzukic (Bernardeschi, 24 do segundo tempo) e Cristiano Ronaldo. O time da Juventus trocou com acerto 427 passes. A Juventus tem 9 pontos à frente do vice-lider Napoli (44) e 14 à frente da Inter de Milão, em terceiro com 39.

A INTER foi ao estádio Carlo Castellani, em Empoli, e teve certa dificuldade para vencer (1 x 0), como sempre com o gol de seu artilheiro, o argentino Mauro Icardi. EM SAN SIRO, o Milan – quinto com 31 – ganhou (2 x 1) do Spal, de Ferrara, décimo sexto com 17 pontos, e em seu estádio San Paolo, no sul do país, o Napoli também encontrou dificuldade para ganhar (3 x 2) do Bologna, primeiro antes dos três últimos.

MILIK, um polonês que se destaca na temporada, marcou dois gols do Napoli, que falhou e deu chance ao paraguaio Federico Santander, de cabeça, fazer o gol do Bologna, antes que os times saíssem para o intervalo. No segundo tempo, Milik marcou o segundo do Napoli e o zagueiro brasileiro Danilo, empatou de cabeça. O belga Dries Mertens fez o mais bonito dos cinco gols aos 43, com chute forte e bem colocado de fora da área, quando o Napoli já parecia não acreditar na vitória.

SEM FELIPE VIZEU, ex-Flamengo, que ficou na reserva, a Udinese ganhou (2 x 0) do Cagliari, no estádio Friulli, em Udine, quase fronteira com a Áustria. Pezzeto e Behami fizeram os gols. A Udinese não faz boa campanha e está em décimo quinto entre os vinte, com 18 pontos – 4 vitórias, 6 empates, 9 derrotas -, além do saldo negativo de sete gols, com 16 marcados e 23 sofridos. Na vitória deste sábado (29) foi o primeiro jogo do atual campeonato em que o time não sofreu gol.