Os jornais europeus registram como a mais apagada dos últimos tempos a atuação de Cristiano Ronaldo na vitória (1 x 0) sobre o Atlético de Madrid, que confirmou a classificação antecipada da Juventus para as oitavas de final da Liga dos Campeões, na noite de ontem (26), na Arena Juventus, em Turim, no norte da Itália.

O BRILHO – O destaque do jogo foi o meia argentino canhoto Pablo Dybala, de 24 anos, que fez o gol, aos 46 do primeiro tempo, praticamente sem ângulo, em cobrança de falta do lado direito da área, quase na linha de fundo. Ele bateu com incrível efeito, encobrindo os dois da barreira e deixando o goleiro esloveno Jan Oblak sem chance de defesa. 

13 PONTOS – Invicta – 4 vitórias, 1 empate -, a Juventus soma 13 pontos, marcou 10 gols e sofreu 4. Com 7 pontos, o Atlético de Madrid, do técnico argentino Diego Simeone, precisa ganhar o último jogo, em Madrid, com o Lokomotiv, que perdeu (2 x 0) em Moscou para o Bayer Leverkusen.

APLAUDIDO – Pela excelente atuação e o belíssimo gol de falta, Pablo Dybala foi muito aplaudido pelos 40 mil torcedores, ao sair aos 30 do segundo tempo, substituído pelo compatriota Higuain. O volante uruguaio Betancur foi o único da Juventus advertido pelo árbitro inglês Antony Taylor, que também mostrou amarelo para o brasileiro Renan Lodi. O jogo teve 27 faltas, 14 do time espanhol.