Maior artilheiro da história da Liga dos Campeões, com 126 gols, Cristiano Ronaldo – quatro vezes campeão pelo Real Madrid – estreou sem brilho e sem gol, no empate da Juventus com o Atlético de Madrid, na noite de ontem (18), diante de 65 mil torcedores, no estádio Wanda Metropolitano, em Madrid. Nas nove temporadas em que jogou no Real Madrid, Cristiano Ronaldo fez 450 gols em 438 jogos.

ABRIU VANTAGEM – A Juventus iniciou o segundo tempo com o gol mais bonito do jogo, marcado aos dois minutos pelo meia colombiano Juan Cuadrado, de canhota, no ângulo. O francês Matuidi fez o segundo gol aos 20, de cabeça, após cruzamento do lateral brasileiro Alex Sandro. O zagueiro montenegrino Stefan Savic marcou o primeiro do Atlético aos 25, e o volante mexicano Hector Herrera empatou de cabeça aos 44.

HÁ CINCO ANOS o Atlético de Madrid não sofria dois gols pelo terceiro jogo consecutivo, e o empate de ontem (18) com a Juventus interrompeu a série de nove vitórias seguidas no estádio Wanda Metropolitano, em jogos internacionais. O lateral-esquerdo Renan Lodi, ex-Atlético Paranaense, voltou a fazer boa apresentação e saiu aplaudido aos 31 do segundo tempo, ao ser substituído pelo meia espanhol Vitolo.

LATERAIS BEM – Além de Renan Lodi, os outros dois laterais brasileiros tiveram bom desempenho pela Juventus. Na direita, o mineiro Danilo, trocado pelo português João Cancelo, que foi para o Manchester City, e na esquerda Alex Sandro, titular da seleção nos amistosos com a Colômbia e o Peru.

24 FALTAS – Atlético de Madrid 2 x 2 Juventus foi um jogo duro, com entradas ríspidas e o árbitro holandês Danny Makelie marcou 12 faltas de cada time. O francês Matuidi e o colombiano Cuadrado, da Juventus, receberam cartão amarelo. O atacante sergipano Douglas Costa foi o único advertido do Atlético de Madrid.

RUSSOS LIDERAM – O Lokomotiv Moscou ganhou (2 x 1) do Bayer Leverkusen, no outro jogo de ontem (18) e é o líder do Grupo D da Champions League. O jogo foi na Bay Arena, em Leverkusen, na região da Renania do Norte-Vestfalia, sede da indústria farmacêutica Bayer, que sustenta o clube.Na segunda rodada, os russos receberão em Moscou o Atlético de Madrid. Os alemães do Bayer Leverkusen irão a Turim para o jogo com a Juventus, no norte da Itália.

Foto: AP Photo/Manu Fernandez