Em suas notícias online da tarde desta quarta (4), os jornais europeus, especialmente os de Portugal e Espanha, destacam a ação de mais de duzentos agentes fiscais na operação denominada Fora de Jogo (Offside, em inglês, e Impedimento, em português), considerada a maior de todos os tempos da Autoridade Tributária portuguesa, que começou pouco antes da oito horas da manhã.

A casa do goleiro espanhol Iker Casillas, em final de contrato com o FC Porto foi das primeiras a ser visitada. Cristiano Ronaldo, acompanhando a recuperação da mãe, que sofreu derrame na madrugada de ontem (3), em hospital da Ilha do Funchal, é também um dos visados da operação. A casa do primeiro dirigente a ser visitada pelos agentes foi a de Jorge Nuno Pinto da Costa, de 82 anos, que desde 17 de abril de 1982 preside o FC Porto. 

REVISTA DENUNCIA – A operação, só agora revelada, foi iniciada em 2015, depois de matéria de seis páginas da revista inglesa Saturday (Sábado, em português), denunciando negócios profissionais no futebol, em que boa parte de jogadores, técnicos e seus agentes ocultava ganhos e assim evitava o pagamento de benefícios fiscais ao Estado português. São sete as empresas denunciadas, junto com a sociedade de advogados e agentes de jogadores.

PAPEL IMPORTANTE – As matérias que revelam a visita à casa do goleiro Iker Casillas, do FC Porto, destacam ter sido importante o papel de um hacker chamado Rui Pinto, que antes já havia desempenhado papel importante no Foot Leaks, que mostrou lavagem de dinheiro e irregularidade nos direitos de imagem, além de pagamento de comissão indevida a terceiros. Casillas confirmou ter recebido a visita dos agentes, antes mesmo do café da manhã, e disse que vai colaborar com as investigações: “Meus negócios são limpos. A transparência é um dos meus princípios”.

ESTÁDIOS VISITADOS – As visitas dos agentes fiscais não fazem parte apenas dos endereços particulares dos supostamente envolvidos como pessoas físicas, mas também dos clubes, tanto que os estádios da Luz, do Benfica, e José Alvalade, do Sporting, ambos em Lisboa, e o estádio do Dragão, do FC Porto, foram os primeiros a serem visitados na manhã de hoje (4). Entre outros citados, também estão José Mourinho, atual técnico do Tottenham de Londres, e o lateral-direito Nelson Semedo, do Barcelona.

Foto: Sapo Desporto