Escolha uma Página

AO ABRIR O PLACAR, aos 20 minutos do 2º tempo, Cristiano Ronaldo tornou-se o primeiro a fazer gol em cinco Copas do Mundo, na vitória de Portugal sobre Gana por 3 x 2, na noite de ontem (24), no estádio 974, em Doha, capital do Catar. Foi o 8º gol que marcou em 18 jogos pela seleção em Copas do Mundo desde 2006.

CRISTIANO RONALDO agora precisa só de mais dois gols para se tornar o maior artilheiro da seleção, ultrapassando o lendário Eusebio, único artilheiro português em Copa do Mundo, com 8 gols na Copa de 1966, quando a seleção obteve sua melhor colocação, o terceiro lugar. 

CRISTIANO RONALDO já detinha os recordes de maior artilheiro de seleções com 118 gols e de europeu com mais jogos (192) por uma seleção, faltando-lhe três jogos para igualar o recorde mundial do ex-zagueiro Soh Chin Aun, hoje aos 72 anos, que fez 195 jogos pelo Selangor da Malásia.

ANTES DE ABRIR o placar, Cristiano Ronaldo revoltou-se, mas sem razão, pela anulação do gol que marcou por falta no goleiro. O primeiro tempo foi ruim, com pouquíssimas jogadas de acerto de portugueses e ganeses, que só melhoraram na volta do intervalo, tornando o jogo eletrizante com cinco gols.

CRISTIANO RONALDO chocou-se com o zagueiro Salisu, do inglês Southampton, e o árbitro norte-americano Ismail Elfath marcou o pênalti, que converteu com chute forte no alto, aos 20 minutos. Oito minutos depois, o atacante André Ayew, de 32 anos, filho do lendário Abedi Pelé, empatou.

A REAÇÃO DE GANA só durou quatro minutos porque João Felix recolocou Portugal em vantagem aos 32, com um toque de muita categoria, encobrindo o goleiro Ati Zigi, do suíço FC Galen. Com assistência de Bruno Fernandes, o atacante Rafael Leão, do Milan, marcou o terceiro gol da seleção das quinas.

A VITÓRIA DE PORTUGAL parecia tranquila, mas os nove minutos de acréscimos causaram apreensão, sobretudo após o ala Osman Bukaki, do Estrela Vermelha da Sérvia, ter feito o segundo gol de Gana aos 44. No minuto final, o atacante espanhol Iñaki Williams, do Athletico Bilbao, quase fez o terceiro gol de Gana.

DIOGO COSTA, João Cancelo, Ruben Dias, Danilo Pereira e Raphael Guerreiro; Ruben Neves (Rafael Leão), Otávio (William Carvalho), Bruno Fernandes e Bernardo Silva (João Palhinha); João Felix (João Mario) e Cristiano Ronaldo (Gonçalo Ramos) – a seleção portuguesa do técnico Fernando Santos, líder do Grupo H.

Foto: Um dois Esportes