Os oito títulos consecutivos, recorde de um time no Campeonato Italiano desde 1929, deram comodidade à Juventus, 35 vezes campeã, agora preocupada em solucionar um problema imediato: o de Cristiano Ronaldo. Depois de pagar 100 milhões de euros ao Real Madrid, tem que depositar na conta dele, todo fim de mês, 2 milhões e 600 mil euros. Ele ganha, por ano, 31 milhões de euros, em torno de 134 milhões de reais!

ANÁLISE FRIA – Em um futebol que movimenta milhões de euros e exige retorno, a análise do clube é feita sempre com muita frieza, ainda mais quando se sabe que a Juventus é presidida por um jovem empresário de 44 anos, Andrea Agnelli, formado em Economia nos Estados Unidos e na França, e diretor-executivo da Fiat. A conclusão é que Cristiano Ronaldo custa muito caro: a soma do que os outros ganham é de 21% do que é pago a ele.

GOLS E IDADE – Na temporada, Cristiano Ronaldo marcou 53 gols em 75 jogos – 1.41/jogo -, menos da metade da média no Real Madrid, de onde saiu aos 35 anos. Em 2022, quando termina o contrato com a Juventus, estará com mais de 37, o que pesa no desempenho, principalmente de um atacante. O presidente gostaria que houvesse interessado agora, mas a epidemia mudou tudo e o futebol não poderia ficar imune.

ÚLTIMA CHANCE – O presidente não nega: comprou Cristiano Ronaldo pela referência que ele representa como o  maior artilheiro da Liga dos Campeões, que a Juventus não ganha desde 95-96, quando venceu o Ajax – 4 x 2 nos pênaltis, após 1 x 1 -, no Estádio Olímpico de Roma. Se o título não voltar agora em 2019-20, as chances de que continue se reduzirão ainda mais. 

CORONAVÍRUS – Cristiano Ronaldo está na Ilha da Madeira, com a família, sem problema. No entanto, a Juventus foi o time mais afetado, com o positivo do zagueiro Daniele Rugani, e dos meias Matuidi e Dybala, e a Itália registra 11.500 mortes. Sem prazo para a volta do futebol e sem a garantia de que os jogos recomeçarão com público, o presidente já sentenciou: “Teremos que adotar medidas drásticas para continuarmos sobrevivendo”.

Foto: goal.com