Escolha uma Página

O Cruzeiro promoveu sob aplausos da torcida, na noite deste domingo (21), no estádio Independência, a festa das faixas pela conquista da sexta Copa do Brasil, e depois de exibir a taça, só precisou de um tempo para ganhar (3 x 0) da Chapecoense, com os gols de Tiago Neves aos 21, Arrascaeta aos 29 e Dedé, de cabeça, aos 43 minutos. O técnico Mano Menezes escalou a equipe completa e no segundo tempo tirou os jogadores que denotavam mais cansaço.

OITAVA EM CASA – Com a oitava vitória nos catorze jogos em Belo Horizonte, o Cruzeiro soma 40 pontos e tem menos um jogo, que vai cumprir quarta (24), no Mineirão, com o Ceará, quando deverá se igualar em vitórias (11) ao Atlético Paranaense. Com os 3 x 0 desta noite, o Cruzeiro ficou zerado no saldo de gols (25 x 25). O time fez uma apresentação segura em sua décima vitória, após dez empates e nove derrotas, a maioria por ter poupado os titulares.

FÁBIO, 800 JOGOS – A noite do domingo também foi muito especial para o excelente goleiro Fábio, que completou 800 jogos com a camisa do Cruzeiro, superando em 181 jogos a marca do notável meio-campo Zé Carlos – onze vezes campeão mineiro -, que disputou 619 jogos entre 1965 e 1977. Fábio teve mais uma atuação segura, impedindo que o Cruzeiro sofresse gol em pelo menos três lances de perigo criados pelo ataque da Chapecoense. Fábio, 1,88m, nascido em Nobres, no estado do Mato Grosso, fez 38 anos dia 30 de setembro e está no Cruzeiro desde 2005.

OS CAMPEÕES – Fábio, Edilson, Dedé, Léo e Egídio; Ariel Cabral (Lucas Silva, 26 do segundo tempo), Henrique (cap), Robinho e Tiago Neves; Arrascaeta (Rafinha, intervalo) e Hernán Barcos (Raniel, 22 do segundo tempo). O Cruzeiro terá mais cinco jogos em casa: Ceará, Paraná, Corinthians, Vitória e Flamengo. Os jogos fora serão com América Mineiro, Atlético Paranaense, São Paulo e Bahia (última rodada, 2 de dezembro).

DÉCIMA FORA – Em 15 jogos como visitante, a Chapecoense sofreu a décima derrota e continua ameaçada de rebaixamento pela primeira vez. Em antepenúltimo lugar – 31 pontos, 7 vitórias, 10 empates, 13 derrotas e saldo negativo de 16 gols (29 a 45) -, o time promoveu neste domingo a estreia do técnico santista Claudinei Oliveira, após demitir o paulista Guto Ferreira.

A Chapecoense terá mais quatro jogos como visitante: Bahia, Santos, Grêmio e Corinthians. Em sua Arena Condá, em Chapecó, cidade do oeste de Santa Catarina, fará o próximo jogo, sábado (27) com o América Mineiro e depois com Botafogo, Sport e São Paulo (última rodada, 2 de dezembro).

Fotos: Bruno Haddad / Cruzeiro