No jogo que abriu nesta terça (23) a quinta rodada da fase de grupos, o Cruzeiro confirmou o favoritismo e a classificação para as oitavas de final da Copa Libertadores, ao ganhar (2 x 0) do Deportivo Lara, no Estádio Metropolitano – 41.312 lugares, mas sem público -, em Barquisimeto, no oeste da Venezuela. Único brasileiro 100%, o campeão mineiro ganhou o quinto jogo consecutivo sem sofrer gol, somando 15 pontos e marcando dez gols.

FRED e SASSÁ – Com domínio amplo do jogo e impondo toda sua categoria, o Cruzeiro já saiu para o intervalo com 1 x 0, gol de Fred, artilheiro do time na Libertadores, aos 31 minutos. Ele finalizou da entrada da área, no ângulo do goleiro Carlos Salazar, de 38 anos, 1,77m, menos 11 centímetros que Fábio, também de 38 anos, goleiro do Cruzeiro, que ampliou seu recorde para 827 jogos desde 2005. No segundo tempo, Sassá fez 2 x 0 aos 32, nove minutos após substituiu Fred, convertendo o pênalti do meia Miers em Jadson.

CRUZEIRO – Fábio, Orejuela, Dedé, Léo e Egídio; Henrique, Lucas Silva, Rafinha (David, 35 do segundo tempo) e Tiago Neves (Jadson, 18 do segundo tempo); Marquinhos Gabriel e Fred (Sassá, 23 do segundo tempo). Técnico – Mano Menezes. Foi o terceiro e último jogo sem público no Estádio Metropolitano de Lara, punido pelos distúrbios em jogo com o Corinthians. Lara 0 x 2 Cruzeiro teve registro especial: nenhum cartão amarelo do árbitro boliviano Gery Vargas Carreño, de 38 anos, há sete na Fifa.

ANO DE OURO – 2019 está sendo o ano de ouro do Cruzeiro Esporte Clube, que completou 21 jogos de invencibilidade, com 16 vitórias. Com a liderança do Grupo B, 100% de aproveitamento, 0 gol sofrido em cinco jogos da Libertadores, o Cruzeiro deverá confirmar o primeiro lugar na classificação geral, com a vantagem de fazer sempre o segundo jogo das oitavas de final como mandante no Mineirão. Sábado (27) o time abre o Brasileirão 2019 com o Flamengo, em jogo de campeões, às 21 horas, no Maracanã.

Foto: Onefootball