Escolha uma Página

DEZESSETE ANOS depois de vencer o São Paulo nos pênaltis e de ganhar o título pela única vez em 2007, o Cruzeiro perdeu ontem (25) não só a terceira decisão da Copa São Paulo, ao ser derrotado pelo Corinthians por 1 x 0, mas também o técnico Fernando Seabra, de 46 anos, no clube desde março de 2022, que vai assumir o Sub-20 do Bragantino, atraído por uma proposta bem mais vantajosa.

EM SUA 19ª DECISÃO, o Corinthians voltou a ser campeão depois de sete anos e se consolidou como o maior vencedor da Copa São Paulo, com 11 títulos, mais que o dobro do Fluminense e do Internacional, cinco vezes campeões. O gol foi do camisa 11 Kayke, aos 40 minutos do 2º tempo, de pé direito, no ângulo esquerdo. Paulista de Garulhos, Kayke Ferrari tem 19 anos e disputou a Copinha pela segunda vez.

OS CAMPEÕES da 54ª Copa São Paulo, maior torneio de base do futebol brasileiro, com organização perfeita da Federação Paulista de Futebol: Felipe Longo, Leo Maná (cap), João Pedro, Renato e Vitor Meer; Ryan (Agustin), Breno (Guilherme) e Pedrinho (Gustavo Henrique); Higor (Lisboa), Arthur Sousa (Jonathan) e Kayke. O time venceu sete jogos, empatou dois, marcou 25 gols e sofreu 3 (defesa menos vazada).

PRIMEIRO TÍTULO do técnico Danilo, ex-meia de 44 anos, natural de São Gotardo, mesorregião do Triângulo Mineiro. Sete vezes campeão goiano no Goiás (154 jogos, 35 gols); campeão paulista, brasileiro, Libertadores e Mundial de clubes no São Paulo (194 jogos, 37 gols, 2004-06); tricampeão japonês no Kashima (122 jogos, 17 gols, 2007-09), e três vezes campeão paulista e brasileiro, Libertadores e Mundial de clubes no Corinthians (359 jogos, 36 gols, 2010-18), Danilo Gabriel de Andrade assumiu o Sub-20 do Corinthians em janeiro de 2022.

RONALDO FENÔMENO, sócio majoritário da SAF do Cruzeiro, mandou mensagem dos Alpes suíços, onde passa férias, esquiando com os quatro filhos, elogiando a equipe vice-campeã: “Estou orgulhoso de todos, que fazem parte de um belo trabalho de renovação do futebol do nosso Cruzeiro”. Bom lembrar: Ronaldo saiu do Cruzeiro (47 jogos, 44 gols, 1993-94) para brilhar no PSV, Barcelona, Inter, Real Madrid e Milan (402 jogos, 273 gols, 1994-2008).

OS CAMPEÕES e vice-campeões da Copa São Paulo não ganham premiação em dinheiro, apenas as medalhas, de prata e de ouro, e as taças, entregues aos capitães Leo Maná, lateral-direito do Corinthians, e Pedrão, zagueiro do Cruzeiro, com certeza, um dos que serão promovidos em pouco tempo à equipe principal. Outros com muita chance de ascensão, o meia Xavier e o goleiro Otávio.

CORINTHIANS 1 x 0 CRUZEIRO, final da tarde de ontem (25), na Arena Corinthians, registrou R$1.215.586,00. 43.495 pagantes, em tarde de tempo nublado, com 18 graus na Arena Corinthians. A Federação Paulista de Futebol merece aplausos pelo nível técnico elevado das arbitragens, confirmado na final de hoje (25) pelo árbitro Gabriel Henrique Meira Bispo e seus assistentes Robson Ferreira e Izabele Oliveira, corretos em todas as decisões.

Fotos: Gazeta Esportiva, Marcos Ribolli e Alexandre Battibugli/Ag. Paulistão