Escolha uma Página

O Cruzeiro perdeu (2 x 0) o jogo de ida para o Boca Juniors, na noite de ontem, no estádio da Bombonera, em Buenos Aires, e foi prejudicado pelo árbitro paraguaio Eber Aquino, que errou ao expulsar o zagueiro Dedé, aos 31 do segundo tempo, depois de choque casual com o goleiro Andrada, após cruzamento da esquerda do lateral Egídio. O árbitro reviu o lance quatro vezes e na volta ao campo mostrou cartão vermelho para Dedé.

Incrível que o árbitro tenha deixado de reconhecer, ao rever o lance quatro vezes, que Dedé não teve intenção de atingir com a cabeça o goleiro do Boca Juniors. Andrada saiu um pouco da pequena área para dar um soco na bola com a mão direita e Dedé já estava com a cabeça esticada para tentar o gol. Todos os jogadores do Cruzeiro reclamaram, mas não se excederam, demonstrando apenas a estranheza pela expulsão injusta de Dedé.

UM EM CADA TEMPO – Logo no primeiro minuto, o meia Tiago Neves acertou a trave com uma cabeçada após escanteio de Robinho. O jogo seguiu em equilíbrio e o primeiro gol, aos 35, foi marcado pelo atacante Mauro Zárate, 31 anos, tocando no canto direito com o peito do pé, após o passe curto de Pablo Perez, que aos 37 do segundo tempo acertou uma bomba da entrada da área no ângulo direito, sem chance para o goleiro Fábio. Com justiça, Pablo Perez foi eleito melhor do jogo.

MAIS DIFÍCIL – A classificação do Cruzeiro para a semifinal da Libertadores ficou bem mais difícil no jogo de volta, dia 4 de outubro, no Mineirão, onde precisará vencer por 3 x 0 para não depender dos pênaltis, caso ganhe por 2 x 0. O Boca Juniors se classifica com derrota por 1 x 0.

0 x 0 ARGENTINO – Em outro jogo de ida das quartas de final, na noite de ontem (19), em Buenos Aires, Independiente e River Plate ficaram no 0 x 0, no estádio Libertadores da América, no bairro de Avellaneda, na Grande Buenos Aires. O estádio recebeu a lotação máxima de 48 mil torcedores. Inaugurado em 4 de março de 1928, foi o segundo da América do Sul a ser construído em cimento. O primeiro foi o do Fluminense, em 1919, para o primeiro Campeonato Sul-Americano de seleções.

COLO COLO x PALMEIRAS – No Estádio Monumental David Arellano, em Santiago do Chile, Colo Colo e Palmeiras fazem o jogo de ida na noite desta quinta (20), com arbitragem do uruguaio Andrés Cunha. O Palmeiras não terá o apoiador Felipe Melo e o atacante Deyverson, suspensos. O Colo Colo conta com Valdívia e Barrios, ex-palmeirenses. O Palmeiras tenta a vaga para a semifinal, que conseguiu pela última vez em 2001, dois anos depois de ter ganho a Libertadores, em 1999, pela única vez.

Fotos: Bruno Haddad/Cruzeiro