O CRUZEIRO MANTEVE A LIDERANÇA do Campeonato Brasileiro da Série B, ao empatar em 2 x 2 com o Grêmio, na tarde deste domingo (21), diante do maior público do ano na Arena Grêmio: 51.618. R$2.521.280,00, com 49.659 pagantes. O jogo foi paralisado duas vezes no 1º tempo, por conflito entre torcedores gremistas.

O CRUZEIRO fez 1 x 0 aos 16 minutos, gol do meia piauiense Luvannor, de 32 anos, e o Grêmio empatou aos 28, com de Diego Souza, de cabeça. O meia-atacante carioca de 37 anos ganhou placa e camisa 200, número de jogos que completou pelo Grêmio, que voltou a defender desde janeiro de 2020. Ele é o vice-artilheiro do campeonato com 12, menos 1 gol que Gabriel Poveda, paulista de 24 anos, do Sampaio Corrêa.

NA VOLTA DO INTERVALO, o Grêmio virou logo no primeiro minuto com o gol do meia paranaense Bitello, de 22 anos, mas o Cruzeiro anulou a vantagem aos 28, quando o meia paulistano Rafa Silva, de 30 anos, estabeleceu o empate definitivo. O Grêmio ainda tentou, mas não teve forças para vencer o líder, que se defendeu bem.

O GRÊMIO, SE HOUVESSE vencido, terminaria a 25ª rodada na vice-liderança, mas se manteve em 3º, empatado com 44 pontos com o Bahia, vice-líder por ter mais duas vitórias (13 a 11). O Vasco, que completa 124 anos neste domingo, fundado em 21 de agosto de 1898, permanece em 4º lugar, com 42 pontos, a 12 do líder Cruzeiro, mas com mais pontos que o Tombense, 5º com 36 e com menos três vitórias (8 a 11).

NA 26ª RODADA, O LÍDER Cruzeiro é favorito, ao receber o Náutico, último com 21 pontos, só 5 vitórias e 14 derrotas, pior saldo negativo de gols (13). Na mesma noite, o Grêmio recebe o Ituano, 10º com 33 pontos. A rodada será concluída com o único jogo de domingo (28), Bahia x Vasco, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

Foto: GHZ