Escolha uma Página

Foto: divulgação Cruzeiro EC

O Cruzeiro subiu uma posição e terminou a rodada em oitavo lugar com 46 pontos, com a terceira vitória como visitante em 16 jogos, e colocou o América Mineiro, com 34 pontos, como primeiro dos quatro últimos, ao sofrer a décima quarta derrota (apenas a segunda em seu estádio Independência), neste domingo (4), em Belo Horizonte. O Cruzeiro já vencia no primeiro tempo com o belo gol do uruguaio Arrascaeta aos 18 minutos, da meia-lua, no ângulo direito.

Na volta do intervalo, logo aos quatro minutos Tiago Neves fez o segundo gol, convertendo de cavadinha, no meio do gol, o pênalti de Messias em Henrique. O gol do América foi de Rafael Moura, aos 25, também de pênalti (toque do lateral Egídio), que bateu com força. Boa atuação do árbitro Heber Roberto Lopes, da Federação Catarinense.

Foto: Mourão Panda / América

OITAVO COM 46 pontos, o Cruzeiro soma 46 pontos – 12 vitórias, 10 empates, 10 derrotas – e saldo de apenas um gol (30 a 29) -, igual ao Santos em pontos e todos os outros ítens, perdendo apenas no saldo porque o do Santos é de 9 gols, com 40 marcados e 31 sofridos. O Cruzeiro receberá o Atlético Paranaense no próximo sábado (10), no Mineirão. 

PRIMEIRO dos quatro últimos com 34 pontos, o América Mineiro tem o menor saldo negativo (11). Empata em vitórias (8), empates (10) e derrotas (14) com a Chapecoense, em décimo oitavo, que tem saldo negativo de 16 gols (30 a favor e

46 contra). O Sport é penúltimo com 33 pontos e o Paraná, já rebaixado, continua em último com 18 pontos.

PARANÁ PERDEU chance de voltar a vencer depois de 18 rodadas, ao ceder o empate (1 x 1) ao Vitória, na tarde deste domingo (4), no estádio Durival de Brito, na Vila Capanema, em Curitiba. Alex Santana fez o gol do Paraná e Léo Ceará, de cabeça, após escanteio, marcou o gol do Vitória, que está em décimo sexto com 34 pontos. 

VITÓRIA e BAHIA farão domingo (11) o maior clássico do futebol baiano, no estádio Manuel Barradas, o Barradão, em Salvador. O Bahia é décimo primeiro com 40 pontos, depois de vencer (1 x 0) a Chapecoense, na noite deste domingo (4), na Arena Fonte Nova, em Salvador. O gol foi de Élber, aos 22 do segundo tempo, após grande jogada de Zé Rafael. R$294.869,00. 17.448 pagantes. Boa arbitragem de Flávio Guerra, da Federação Paulista.