Ao ganhar do Internacional (1 x 0), na noite de ontem (9), no estádio Rei Pelé, em Maceió, o CSA saiu do rebaixamento e terminou a rodada em décimo sexto com 25 pontos, após a quarta vitória em casa. O gol foi do argentino Jonatan Gomez, aos 19 do segundo tempo, convertendo pênalti do lateral Uendel no meia Dawhan.

CSA – Jordi, Apodi (Bruno Alves, 25 do segundo tempo), Ronaldo Alves, Luciano Castan e Carlinhos; Naldo, Jean Cleber, Dawhan e Jonatan Gomez; Hector Bustamante (Jarro Pedroso, 43 do segundo tempo) e Ricardo Bueno (Alecsandro, 23 do primeiro tempo). Técnico – Argel Fucks. O CSA jogará sábado (12) com o Goiás, no estádio Serra Dourada.

INTER – Marcelo Lomba, Heitor, Emerson Santos (Klaus, 32 do primeiro tempo), Victor Cuesta e Uendel (Wellington Silva, 25 do segundo tempo); Lindoso, Edenilson e Patrick; Nico Lopez, Guilherme Parede e Neilton (D’Alessandro, 8 do segundo tempo). Técnico – Odair Hellmann. Sexto com 38 pontos, o Internacional não ganha há quatro jogos. O próximo é com o Santos, domingo (13), em Porto Alegre.

DOIS CARTÕES – O árbitro Vinícius Furlan, da Federação Paulista e do quadro nacional da CBF, advertiu o meia Nico Lopez, do Inter, por isolar a bola, após marcação de falta, e o atacante Ricardo Bueno, do CSA, que estava no banco de reservas, após ser substituído por contusão, por esbravejar em reclamação. Coisa rara, no estádio Rei Pelé, é informação de renda e público.

Foto: Metrópoles