Escolha uma Página

EM JOGO ÚNICO e sem vantagem, a Portuguesa foi eliminada pelo Cuiabá por 4 x 3, nos pênaltis, depois de 0 x 0 tenso, com quatro amarelos para cada time, na noite de ontem (12), no estádio Luso Brasileiro, na Ilha do Governador, na Zona Norte do Rio. O Cuiabá ganhará mais de R$2 milhões pela classificação.

A PORTUGUESA foi eliminada sem fazer gol, beneficiada pelo 0 x 0 na estreia com o Audax, quando perdeu pênalti. No 0 x 0 da noite de ontem (12), Anderson Rosa acertou na trave a primeira cobrança, e o goleiro Walter defendeu a última de Lucas Santos. William, Filemon e Patrick converteram para a Portuguesa; Deyverson, Sobral, Clayson e Filipe Augusto para o Cuiabá.

O CUIABÁ tornou-se o sexto a garantir vaga na terceira fase da Copa do Brasil, em que vão estrear Fluminense, Flamengo e outros times que disputarão a Libertadores, e também os campeões das Copas Verde e do Nordeste, e o Vitória, campeão da Série B de 2023.

O BAHIA ELIMINOU O CAXIAS por 6 x 5 nos pênaltis, após 2 x 2, na noite de ontem (12), no Estádio Centenário, em Caxias do Sul, na bela Serra Gaúcha, a 125 km da capital Porto Alegre. O volante Caio Alexandre fez gol contra, mas a virada veio ainda no 1º tempo, com Cauly e Thaciano, que marcou o gol 10.000 da história do Bahia, com assistência primorosa de Everton Ribeiro.

QUANDO O JOGO parecia definido, o atacante Robinho empatou de cabeça para o Caxias, aos 45 minutos, levando a decisão da vaga à terceira fase aos pênaltis, ganha pelo Bahia (6 x 5), com as duas últimas cobranças convertidas por Everton Ribeiro e pelo argentino Victor Cuesta, agora compondo a zaga com Kanu, outro ex-Botafogo.

Fotos: Terra