Escolha uma Página

O ZAGUEIRO PAULISTA DAVID LUIZ, de 34 anos, 1,83m, é a novidade na escalação do Flamengo, que terá apoio de 30 mil torcedores no primeiro jogo da semifinal da Libertadores com o Barcelona, na noite de hoje (22), no Maracanã. Será a segunda camisa de time brasileiro que vestirá, catorze anos depois de ter saído do Vitória para o Benfica, em fevereiro de 2007. Ele jogou também no Chelsea, PSG e Arsenal, seu último clube entre agosto de 2019 e junho de 2021.

DAVID LUIZ estreará formando a zaga com outro paulista, Rodrigo Caio, de 28 anos, fora do próximo jogo do Campeonato Brasileiro com o América Mineiro, pelo terceiro cartão amarelo. Em sua estreia, o time não terá o lateral Filipe Luis e os meias Diego, que será substituído por Vitinho, e Arrascaeta, que não teve o substituto anunciado (Tiago Maia ou Andreas), a menos que o técnico Renato Portaluppi decida por outra opção.

POR 1 PONTO – O Barcelona disputará o segundo jogo com o Flamengo, em Guaiaquil, dia 29, pela diferença de 1 ponto. Na fase de grupos, o time do Equador fez a quarta melhor campanha, com 13 pontos, e o Flamengo realizou a quinta melhor campanha, com 12 pontos. Por coincidência, Flamengo 3 x 0 Barcelona, na noite da sexta, 13 de março de 2020, foi o último jogo do Flamengo com público na Libertadores: 58.100 pagantes, R$4.411.842,50, no Maracanã.

35.045 INGRESSOS – O Flamengo divulgou ao final da noite de ontem (21), que dos 34.050 ingressos colocados à venda para o jogo de hoje (22), mais de 20 mil foram vendidos. A expectativa do clube é em torno de 30 mil torcedores no Maracanã, mesmo com previsão de chuva na hora do jogo, e de que as determinações das autoridades municipais sanitárias sejam cumpridas, principalmente as do uso de máscara e do distanciamento social. 

DECISÃO EM MINAS – Depois do 0 x 0 da noite de ontem (21), no Allianz Parque, em São Paulo, Palmeiras e Atlético decidirão a vaga na próxima terça (28), no Mineirão. O Atlético teve a melhor chance, mas Hulk acertou o pé da trave esquerda na cobrança do pênalti de Gustavo Gomez em Diego Costa, marcado sem auxílio do VAR pelo árbitro argentino Patrício Loustau, com atuação impecável. Outro 0 x 0, pênaltis. Empate com gol classifica o Palmeiras.

Foto: Bolavip