O ATACANTE JUNIOR MESSIAS, de 30 anos, mineiro de Ipatinga, manteve o Milan na liderança do Campeonato Italiano 2021-2022, ao marcar o 2º gol dos 2 x 0 sobre o Genoa, nesta 6ª feira (15), na abertura da 33ª rodada, no estádio de San Siro. O Milan tem 71 pontos, mais 2 que a Inter, que horas antes venceu o Spezia por 3 x 1.

ÚNICO BRASILEIRO DO TIME, Junior Messias, canhoto, 1,74m, é do Crotone, da Série B, que o emprestou ao Milan, em agosto de 2021, até maio, quando termina o atual campeonato. Ele só se profissionalizou aos 24 anos, ao ganhar a Copa da Itália da Série D de 2016-2017 pelo Chieri, de onde saiu para o Gozzano, da Série C, e para o Crotone, da Série B. 

NA ITÁLIA DESDE 2011, Junior Messias entrou no Casale, time amador da comunidade peruana de Turim, onde conseguiu o primeiro emprego: entregador de eletrodomésticos. Quem o levou ao Casale foi Ezio Rossi, ex-zagueiro e técnico do Torino, que o viu em jogos de várzea da equipe da loja. 

JUNIOR MESSIAS formou-se na base do Cruzeiro, onde não teve chance, e decidiu, casado e com filho, tentar a sorte fora do Brasil. Com bom ambiente no Milan, é elogiado pelo técnico Stefano Pioli, que o colocou no 2º tempo da vitória sobre o Genoa, nesta 6ª (15), no lugar do meia belga Alexis Saelemaekers.

O MILAN JÁ VENCIA, com o gol do atacante português Rafael Leão, de 22 anos, logo aos 11 minutos, com assistência do zagueiro francês Pierre Kalulu, mas o Genoa pressionava e quase empatou. Junior Messias fez o 2º gol aos 42 minutos, após o goleiro italiano Salvatore Sirigu, de 35 anos, rebater seu próprio chute.

HORAS DEPOIS, a INTER de Milão manteve a vice-liderança com 69 pontos, ao vencer fora de casa o Spezia por 3 x 1, no estádio Alberto Picco, na bela cidade portuária da região da Ligúria. O croata Marcelo Brozovic; o argentino Lautaro Martinez e o chileno Alexis Sanchez marcaram. Giulio Maggiori fez o gol do Spezia.

O LÍDER MILAN só terá mais dois jogos em San Siro, com Fiorentina e Atalanta, e três como visitante, com Lazio, Verona e Sassuolo. A Inter jogará em Milão com a Roma, Empoli e Sampdoria, e visitará Bologna, Udinese e Cagliari. O Milan tem 18 títulos de campeão italiano; a Inter, atual campeã, 19, e a Juventus de Turim, 36.

TERÇA EMOCIONANTE – Milan e Inter reviverão um dos maiores clássicos do mundo, 3ª feira (19), decidindo vaga na final da Copa da Itália de 2021-2022, que o Milan ganhou cinco vezes, a última em 2002-2003, e a Inter ganhou sete vezes, a última em 2010-2011. Não houve vencedor no jogo de ida: 0 x 0.

Foto: Metrópolis