Escolha uma Página

O MEIA URUGUAIO Nicolás de la Cruz, de 26 anos, estreou com vitória no primeiro amistoso internacional de 2024 do Flamengo, que derrotou ontem (21) o Philadelfia Union por 2 x 0, gols de Pedro, de pênalti, aos 12, e Cebolinha, aos 42 do 1º tempo, diante de 7.227 espectadores no Al Lang Stadium, na Flórida.

DE LA CRUZ substituiu Luis Araújo na volta do intervalo, quando o técnico Tite mudou toda a equipe, compondo o meio-campo com Arrascaeta, seu reserva na seleção uruguaia; Allan, no lugar do chileno Erick, e Victor Hugo, que entrou no lugar de Gerson. Até o goleiro Rossi foi substituído por Caio Barone, de 16 anos.

SEM SURPRESA, De La Cruz estreou com desenvoltura, em jogadas criativas tanto pelo meio quanto pelos lados, e até quase marcou seu primeiro gol com a camisa rubro-negra, em bela cobrança de falta, bem defendida pelo goleiro jamaicano André Blake, de 33 anos, 1,91m, com excelente colocação e elasticidade.

A ESCALAÇÃO: Agustin Rossi (Caio Barone), Varela (Wesley), David Luiz (Fabricio Bruno), Leo Pereira (Cleiton) e Carbone (Ayrton Lucas); Allan (Erick), Gerson (Victor Hugo) e Mateus Gonçalves (Arrascaeta); Luis Araújo (De La Cruz), Pedro (Gabriel) e Cebolinha (Bruno Henrique).

JOÃO VICTOR CARBONE, lateral e zagueiro de 18 anos, campeão da Copa e da Supercopa do Brasil Sub-17, fez boa estreia entre os profissionais. No lance do 2º gol, deu belo lançamento para Cebolinha, que converteu o pênalti, após ser derrubado pelo goleiro. João Victor é neto de José Luis Carbone, ex-meia e técnico.

O FLAMENGO terá mais cinco dias de pré-temporada nos Estados Unidos. Após o amistoso do próximo sábado (27) com o Tampa Bay, no Exploria Stadium, em Orlando, o time viaja direto a Belém, para o jogo da 5ª rodada com o Sampaio Corrêa, de Saquarema, estreante no Carioca de 2024.

NO CARIOCA, o Sub-23 do Flamengo só conseguiu empatar (1 x 1) com o Nova Iguaçu, na noite de ontem (21), no estádio Almeidão, em João Pessoa, capital da Paraíba, depois que o time titular goleou na estreia o Audax (4 x 0), em Manaus. Dirigida pelo técnico Mario Jorge, a equipe Sub-23 não fez boa apresentação.

OS GOLS FORAM BONITOS. Carlinhos encobriu o goleiro aos 37 do 1º tempo, com categoria, após falha grosseira do zagueiro Gabriel Noga, do Flamengo, que rebateu de cabeça em seu peito. Tiaguinho empatou aos 26 do 2º tempo, após driblar dois marcadores, e foi expulso aos 43, por falta dura, por trás, em Emerson.

O FLAMENGO do 1 x 1 com o Nova Iguaçu: Mateus Cunha, Santiago, Gabriel Noga, Diegão e Wellington; Evertton, Rayan e Lorran; Peterson (Lucyan), Tiaguinho e Werton (Estevam). O Flamengo é 2º com 4 pontos, superando o Vasco, 3º, por 2 gols de saldo (4 a 2), e o próximo jogo será 4ª (27) com a Portuguesa, na Arena das Dunas, em Natal.

Fotos: Marcelo Cortes / CRF e Instagram do Nicolas de la Cruz