Escolha uma Página

O Vasco deixou de ser visitante e estreará no Brasileiro 2020 como mandante, quarta (12), com o Sport, em São Januário. A mudança é decorrente do adiamento do jogo com o Palmeiras, que seria no próximo domingo (9), em São Paulo, devido às finais do Campeonato Paulista com o Corinthians, depois de amanhã (5) e sábado (8). O Vasco pode tentar mais um amistoso, para aumentar o rendimento da equipe, após vencer (2 x 1) o Volta Redonda, em amistoso, no estádio do São Cristóvão.

MELHOROU – O técnico Ramon Menezes tem procurado dar ao time um ritmo mais veloz e foi o que conseguiu na virada (2 x 1) sobre o Volta Redonda, no amistoso do último sábado (1), em que o Vasco saiu para o intervalo perdendo, com o gol de Bernardo. O lateral Gabriel Pec, que substituiu Caio Tenório, sofreu pênalti de Luis Paulo, mas o goleiro Douglas defendeu a cobrança do argentino German Cano. Felipe Bastos empatou, e só nos acréscimos Bruno Cesar fez o gol da virada.

TIME-BASE – Nos treinos restantes antes da estreia, o técnico vai confirmar a formação para o jogo com o Sport, dia 12, em São Januário. O time-base que jogou com o Volta Redonda teve outras duas mudanças no intervalo e formou com Fernando Miguel, Caio Tenório (Gabriel Pec), Ulisses, Ricardo Graça (Werley) e Henrique; Andrey, Marcos Junior (Bruno Cesar) e Felipe Bastos; Yago Pikachu, Caio e Talles Magno.

REFORÇOS- O Vasco está finalizando o acerto para a contratação do atacante Guilherme Parede, de 24 anos, emprestado pelo Talleres, da cidade argentina de Córdoba, que pagou R$3.500 mil ao Coritiba, e também acertando com o meia-atacante baiano Carlinhos, de 26 anos, ex-Vitória de Setúbal, antepenúltimo, que escapou por um ponto do rebaixamento no Campeonato Português. O vice de futebol José Luis Moreira disse que “o Vasco está empenhado em fortalecer ainda mais a equipe”.

Foto: Supervasco