Quatro dias depois de ter goleado (7 x 2) o Tottenham, em Londres, pela Liga dos Campeões, o Bayern perdeu a invencibilidade no Campeonato Alemão, ao sofrer neste sábado (5), a primeira derrota (2 x 1) de sua história para o Hoffenheim, diante de 75 mil torcedores, na Arena Munique, região da Bavária, sul do país.

DESTAQUE – O Hoffenheim, de 120 anos (1/7/1899), modesto décimo primeiro colocado, conseguiu apenas a segunda vitória em sete rodadas, e o destaque foi o atacante Sergis Adamyan, 26 anos, 1,84m, nascido em Yerevan, capital da Armênia, que vive na Alemanha desde os cinco anos. Ele marcou os dois gols, aos 9 do primeiro tempo, e aos 34.

ARTILHEIRO – O polonês Robert Lewandowski, artilheiro do campeonato com 11 gols em sete rodadas, chegou a empatar para o Bayern, aos 28, mas não conseguiu evitar a perda da invencibilidade do heptacampeão alemão. O meia Philippe Coutinho, assim como o time todo, não teve boa atuação.

COM TRÊS – O Bayern de Munique agora divide a liderança com o RB Leipzig, Freiburg e Bayer Leverkusen, com 14 pontos, mas ainda é o primeiro pelo saldo de gols. O jogo em que o Bayern perdeu a invencibilidade fugiu um pouco dos padrões alemães, com 21 faltas (12 do Hoffenheim) e cinco cartões amarelos (dois do Bayern), aplicados pelo árbitro Tobias Stieler. 

Foto: Andreas Gebert/Reuters