Começa a ficar claro porque Jorge Jesus, técnico do Flamengo, perdeu espaço no futebol português. Ao site Bola na Rede, Bruno Carvalho, presidente do Sporting de março de 2013 a junho de 2018, recordou que “Jesus foi meu pior erro de gestãoao deixar o time fora da Liga dos Campeões, quando perdeu o campeonato para o Benfica, depois de provocar o técnico Rui Vitória e motivar o adversário: “Disse na cara dele que foi um idiota e ele ficou em silêncio“.

PROCESSO – O técnico que acaba de renovar contrato com o Flamengo não é bem falado nos dois clubes em que trabalhou em Portugal. Além da revolta do ex-presidente do Sporting, que diz ter arrependimento até hoje por sua contratação, também o presidente Luis Filipe Vieira, do Benfica, diz que as portas do clube continuarão fechadas para ele. Vieira lembra que Jorge Jesus descumpriu contrato, daí o Benfica movido processo contra ele, só resolvido três anos depois.

14 MILHÕES – O presidente do Benfica não esconde o amargor pelo relacionamento profissional com Jorge Jesus e embora não revele de que forma o problema da rescisão do contrato do técnico, que praticamente abandonou o clube, foi resolvido, ele diz que catorze milhões de euros representam soma considerável. Luis Filipe Vieira diz não ter nenhum relacionamento com Jorge Jesus, que é considerado “persona non grata” pela maioria dos benfiquistas.

COMPARAÇÃO – Ainda na entrevista ao site Bola na Rede, o ex-presidente Bruno Carvalho, ao ser questionado quem escolheria para dirigir o time – Marco Silva ou Jorge Jesus -, falou com muita franqueza: “Nem um nem outro. Eu mesmo assumiria o time. Seria melhor, mais barato e a equipe poderia ganhar mais do que com Jesus ou com Marco”. 24 anos mais novo que Jorge Jesus, que fará 66 em 24 de julho, Marco Silva, de 42 anos, está sem clube, depois de passagens ruins nos ingleses Watford e Everton.

BOM LEMBRAR que antes de acertar a renovação com o Flamengo, como queria, só por um ano – até junho de 2021 -, o técnico ficou um mês de férias em Portugal, sem nenhum contato de clube europeu. O sonho de consumo de Jorge Jesus é treinar um time de ponta da Europa,e os mais chegados a ele garantem que não faz por menos: Real Madrid e Barcelona, os clubes em que pensa muito. Só que até mesmo em Portugal, onde só poderia voltar ao Sporting ou ao Benfica, as portas estão fechadas.

QUANDO escrevi a matéria, sob o título Flamengo, a salvação de Jesus, houve quem não gostasse. É possível que agora passem a entender os motivos, não revelados por mim, mas pelo ex-presidente do Sporting e pelo atual presidente do Benfica. Se não houvesse aceitado a proposta do Flamengo, por menos do que recebia, Jorge Jesus só poderia contar com o auxílio desemprego do governo português.

Foto: onefootball.com