Escolha uma Página

Foto: Goleiro Fabianski / site express.co.uk /Reuters

Os goleiros Lukasz Fabianski, polonês, 33 anos, 1,90m, do West Ham, e Kepa Arrizabalaga, espanhol, 23 anos, 1,86m, do Chelsea, mantiveram o 0 x 0 no clássico deste domingo (23), diante de 57 mil torcedores, no Estádio Olímpico de Londres, entre os times da capital, e o Liverpool, que na véspera havia ganho em casa (3 x 0) do Southampton, isolou-se na liderança com 100% de aproveitamento, após seis rodadas. O atacante Firmino, da seleção, é o único brasileiro titular do time, dirigido pelo alemão Jurgen Klopp, que levou o Liverpool ao vice da Liga dos Campeões da Europa da temporada passada.

foto: Goleiro Kepa / site sportsflash.com.au / EUTERS/David Klein

O Manchester City, do técnico espanhol Pep Guardiola e do atacante Gabriel Jesus, que não esteve bem nos 5 x 0 de ontem (22) sobre o Cardiff, é o vice-lider com 16 pontos. Um dos destaques da goleada foi o argentino Sergio Aguero, que chegou aos 300 jogos em sete anos no clube e aos 205 gols, ao marcar o primeiro gol. O Chelsea, do técnico italiano Maurizio Sarri, em sua primeira temporada na Inglaterra, também soma 16 pontos, mas está em terceiro por ter saldo de gols (10) inferior ao do Manchester City (16).

APAGADO – No clássico que encerrou a sexta rodada – 25 gols em 10 jogos -, no Emirates Stadium, no norte de Londres, o Arsenal ganhou (2 x 0) do Everton, de Liverpool, que teve a volta (bem apagada) do atacante Richarlison, da seleção brasileira, após cumprir suspensão de três jogos por uma cabeçada em adversário (sem o efeito suspensivo tão imoral do futebol do Brasil). Foi a quarta vitória consecutiva do Arsenal e o seu primeiro jogo sem sofrer gol na temporada.

GOLEIRÃO – O Arsenal poderia ter saído com vitória mais ampla, o que só não aconteceu pela atuação notável do goleiro Jordan Pickford, 24 anos, 1,85m, canhoto, titular da seleção inglesa que terminou a Copa do Mundo 2018 em quarto lugar, com defesas que mereceram aplausos. Os franceses Lacazette e Aubameyang fizeram em três minutos, aos 3 e aos 6, no segundo tempo, os gols da vitória do Arsenal, dirigido pelo técnico espanhol Unai Emery.