Demorou, mas chegou o dia. Depois de treze rodadas, a primeira vitória do Vasco fora de casa, neste domingo (11), em que o 1 x 0 sobre o Goiás, no estádio Serra Dourada, em Goiânia, fez o time subir uma posição e terminar a décima quarta rodada em décimo quarto lugar com 17 pontos. Mas o saldo negativo de gols continua: 13 pró, 18 contra.

BELA JOGADA – O gol de Marcos Júnior, aos 22 do primeiro tempo, foi o que de melhor aconteceu no jogo. Em avanço pela direita, o meia Raul efetuou cruzamento sob medida, e Pikachu, hoje mais adiantado, fez um corta-luz inteligente e primoroso, deixando a bola passar para a finalização de primeira de Marcos Júnior. Bela jogada!

SEGUNDA EM CASA – Foi apenas a segunda derrota do Goiás em casa, onde só havia perdido (2 x 1) na estreia com o São Paulo. O técnico Nei Franco, demitido há três pela Chapecoense, reassumiu o Goiás, mas não conseguiu evitar que o time completasse o sexto jogo consecutivo sem vitória, embora tenha mantido o décimo segundo lugar com 17 pontos, após a sétima derrota. O próximo jogo será domingo (18) com o Bahia, em Salvador.

DOIS DESFALQUES – Além de Marcos Júnior, autor do gol, advertido com o terceiro cartão amarelo, o Vasco também não terá o atacante Marrony, expulso aos 51 do segundo tempo, após receber o segundo amarelo. O técnico Vanderlei Luxemburgo ficou irritadíssimo com os oito minutos de acréscimos, sem esconder o desespero na beira do campo. O próximo jogo é sábado, às 19 horas, com o Flamengo, no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

VASCO – Fernando Miguel, Caceres, Henriquez, Castan e Henrique; Richard (Felipe Bastos, 39 do segundo tempo), Raul e Marcos Júnior (Lucas Mineiro, 22 do segundo tempo); Pikachu, Marrony e Talles (Lucas Santos, 34 do segundo tempo). Foi o oitavo jogo do Vasco como visitante, com quatro derrotas e três empates antes da primeira vitória.

GOIÁS – Tadeu, Daniel Guedes (Kevin, 4 do segundo tempo), Yago, Fabio Sanches e Jeferson; Geovane (Rafael Moura, 32 do segundo tempo), Leo Sena e Giovanni Augusto; Michael, Kayke e Leandro Barcia (Rafinha, 14 do segundo tempo).

ARBITRAGEM – Jean Pierre Lima, da Federação Gaúcha e do quadro da CBF, teve atuação segura. Advertiu com cartões amarelos quatro do Vasco – Marcos Júnior, Lucas Mineiro, Pikachu e Marrony, que em seguida foi expulso – e três do Goiás, Kayke, e os dois suspensos do próximo jogo, Geovane e Leo Sena. R$365.010,00. 12.638 pagantes, em tarde de sol em Goiânia.
Foto: Netvasco