Escolha uma Página

A União Europeia de Futebol (Uefa) decidiu que a final da Liga dos Campeões, dia 26 de maio – Manchester City x Chelsea -, terceira entre ingleses e nona entre equipes do mesmo país, será realizada, pelo segundo ano consecutivo, em Portugal, e escolheu o estádio do Dragão, do FC Porto. A final inédita da Champions 2020 foi no estádio da Luz, do Benfica, onde o Bayern Munique venceu o PSG por 1 x 0, gol de Coman. O árbitro de City x Chelsea será o espanhol Antonio Miguel Mateu Lahoz.

PANDEMIA – A final da Liga dos Campeões estava programada para o Estádio Olímpico de Istambul, maior cidade da Turquia e quarta maior da Europa, mas a União Europeia decidiu mudar o local para Portugal, mesmo depois que a Liga Inglesa pleiteou que fosse no estádio de Wembley, nos arredores de Londres, por ser uma final entre equipes inglesas. O jogo não será em Istambul porque o Reino Unido impede que seus cidadãos viagem para a Turquia, incluída no livro vermelho da pandemia.

10 ANOS DEPOIS – Mateu Lahoz, pisciano de 12 de março de 1977, é de Algimia de Alfara, pequeno município de Valencia, a 391 km da capital Madrid. O primeiro jogo internacional que dirigiu foi o amistoso sub-21 Itália 1 x 0 Inglaterra, na terça-feira, 8 de fevereiro de 2011. Árbitro classe A da Real Federação Espanhola de Futebol, apita em La Liga desde 2009. Seus assistentes em Chelsea x City serão Pau Devis e Roberto Palomar, e o árbitro de video, José Hernandez, todos espanhóis.

LIGA EUROPA – A decisão da Liga Europa, disputada pelos times que se classificam em até quarto lugar na Série A dos campeonatos nacionais, será entre Villarreal e Manchester United, dia 26, na Arena Gdansk, na cidade portuária da costa báltica da Polônia, a 340 km da capital Varsóvia. O árbitro designado é o francês Clément Turpin, de 38 anos, na Fifa desde 2016 e que atuou nos Jogos Olímpicos de 2016 no Brasil. Terá como assistentes Nicolas Danos e Cyril Gringore. Var: François Letexier.

BOM LEMBRAR – As oito finais da Liga dos Campeões entre equipes do mesmo país: 1999-2000 – Real Madrid 3 x 0 Valencia. 2002-2003 – Milan 0 x 0 Juventus (pênaltis, Milan 3 x 2). 2007-2008 – Manchester United 1 x 1 Chelsea (pênaltis, Manchester United 6 x 5). 2011-2012 – Bayern 1 x 1 Chelsea (pênaltis, Chelsea 4 x 3). 2012-2013 – Bayern 2 x 1 Borussia Dortmund. 2013-2014 – Real Madrid 4 x 1 Atlético de Madrid. 2015-2016 – Real Madrid 1 x 1 Atlético de Madrid (pênaltis, Real Madrid 5 x 3). 2018-2019 – Liverpool 2 x 0 Tottenham. 

FINAL COM PÚBLICO – A União Europeia ainda não decidiu se haverá público na final do dia 26 entre Manchester City e Chelsea, no estádio do Porto, mas a Liga Portuguesa de Futebol Profissional, presidida pelo ex-árbitro Pedro Proença, já conseguiu autorização das autoridades sanitárias para que os jogos da última rodada do campeonato, tratado em Portugal como Primeira Liga, ganho por antecipação pelo Sporting, tenham o máximo de 10% da capacidade dos estádios, ocupados por torcedores. 

GRANDE PROBLEMA – O Sporting não tem ideia de como resolver o grande problema para receber seus milhares de torcedores, utilizando apenas 10% da capacidade do seu estádio José Alvalade – 50.095 lugares -, no jogo da última rodada, com o Marítimo, na próxima quarta (19). Os torcedores já tiveram a primeira decepção, e estão irritados, com a decisão de ontem (12), de que não terão acesso à homenagem aos campeões na Câmara Municipal de Lisboa.

CRISTIANO RONALDO – O notável artilheiro português chegou aos 100 gols em 138 jogos desde 2018 pela Juventus, ao marcar o segundo dos 3 x 1 de ontem (12) sobre o Sassuolo, no estádio Città del Tricolor. Cristiano Ronaldo já havia feito 118 gols pelo Manchester United, 450 pelo Real Madrid, e quase vinte anos depois, igualou-se a Romário, outro grande artilheiro, que fez 265 gols pelo Vasco, 184 pelo Flamengo e 129 pelo PSV da Holanda. Quem deve entrar nesse grupo seleto, na temporada 2021-2022, que começa em agosto, é Neymar, que fez 136 gols pelo Santos, 105 pelo Barcelona e já marcou 85 pelo PSG.