Escolha uma Página

A Lazio evitou que a Juventus, líder com 69 pontos, abrisse sete de vantagem, e manteve a vice-liderança, com 65, com a grande virada (2 x 1) sobre a Fiorentina, neste último sábado (27), no Estádio Olímpico de Roma, deixando em aberto o título italiano da temporada 2019-2020, que a Juventus tenta ganhar pela nona vez consecutiva. O gol da virada, aos 32 do segundo tempo, foi do meia espanhol Luis Alberto, de 27 anos,1,82m, com chute forte e rasteiro, de fora da área, no canto direito.

BELO GOL – O nome do primeiro tempo foi Franck Ribéry, francês de 37 anos, que aos 25 minutos fez o gol mais bonito do jogo, após driblar três marcadores e chutar de canhota, longe do alcance do goleiro Thomas Strakosha, greco-albanês de 25 anos, 1,93m, dando a vantagem à Fiorentina. Ribéry foi contratado por duas temporadas em agosto de 2019, depois de 12 anos consecutivos no Bayern Munique, camisa que mais vestiu na carreira, de 2007 a 2019, com 124 gols em 424 jogos.

A VIRADA – Na volta do intervalo, o tudo ou nada da Lazio. O técnico Simone Inzaghi adiantou a marcação, o time pressionou e empatou aos 22, com o gol de pênalti de Ciro Immobile, artilheiro do campeonato com 28. O atacante Felipe Caicedo, de 31 anos, equatoriano de Guaiaquil, ia marcar, quando foi derrubado pelo goleiro Bartlomiej Dragowski, polonês de 22 anos, 1m91m. A Lazio aumentou o ritmo e dez minutos depois chegou à virada com o belo gol de Luis Alberto.

EXPULSÃO – Comprado do Partizan de Belgrado, o zagueiro sérvio Dusan Vlahovic, de 20 anos, um dos infectados da Fiorentina, recuperou-se bem da Covid-19. Ele foi expulso nos acréscimos, por insistir em reclamar. O árbitro Michael Fabbri, de 36 anos, viajou 352 km de Ravena, cidade da região da Emília-Romanha, onde é contador, e foi o único cartão que mostrou no jogo. Fabbri é da Federação Italiana desde 2015 e no ano passado foi promovido à FIFA.

VISITANTES – Líder e vice-líder serão visitantes na próxima rodada. A Juventus sairá de Turim, no Norte, para jogar na Ligúria com o Genoa, na cidade portuária do Noroeste, não tão distante (172 km), enquanto a Lazio viajará 690 km, de Roma a Turim, para o jogo com o Torino. Na rodada do primeiro fim de semana de julho, a Lazio receberá o Milan para um grande clássico no Estádio Olímpico de Roma, e a Juventus fará o dérbi com o Torino.

O CLÁSSICO – Neste último domingo (28) de junho, o estádio de San Siro, em Milão  maior cidade do Norte e uma das capitais mundiais da moda ,será palco de um dos grandes clássicos italianos: Milan x Roma, sem brasileiro, pelo menos no início, de vez que Paquetá, ex-Flamengo, é reserva. Milan, do técnico Stefano Pioli, de 54 anos, tem como principal atração o atacante croata Ante Rebic, de 26 anos, emprestado pelo Eintracht Frankfurt, e o destaque da Roma é o artilheiro bósnio Edin Dzeko, de 34 anos, que completa 177 jogos, desde 2016.

Fotos: Facebook Lazio e Fiorentina