TAL COMO O FECHO DE OURO DA CAMPANHA MERECE, O BOTAFOGO TERÁ O ESTÁDIO NILTON SANTOS lotado, na festa do próximo domingo (28), na comemoração da volta triunfal à Série A em 2022, após a conquista antecipada da Série B, com o 1 x 0 de ontem (21) sobre o Brasil, no estádio Bento Freitas, em Pelotas. No último dos 19 jogos como visitante, o Botafogo conseguiu a quinta vitória, todas sem sofrer gol, quarta por 1 x 0. 

DIEGO GONÇALVES fez o gol do título antecipado, aos 21 minutos do primeiro tempo, após o passe de calcanhar de Rafael Navarro. Bem mais técnico que o adversário, rebaixado à Série C como último colocado, o Botafogo teve o desempenho prejudicado pelas más condições do gramado, e no segundo tempo, pelo erro do árbitro Alisson Furtado, do estado do Tocantins, que ignorou o toque do zagueiro Camilo, com o braço, no interior da área.

A CONQUISTA ANTECIPADA assegurou ao Botafogo a participação na Copa do Brasil de 2022 a partir da terceira fase, enquanto outros terão que disputar a fase de grupos. Diego Gonçalves, de 27 anos, emprestado pelo Mirassol até dezembro de 2022, é paulista de Guarujá, a Pérola do Atlântico, bela cidade costeira, com lindas praias, na região metropolitana da Baixada de Santos. Antes do Botafogo, o último grande em que jogou foi o Internacional em 2017.

DIEGO LOUREIRO, Daniel Borges, Joel Carli, Kanu e Carlinhos; Oyama (Ricardinho), Barreto e Warley (Ronald); Marco Antonio (Romildo), Rafael Navarro (Rafael Moura) e Diego Gonçalves (Matheus Frizzo) – o time campeão antecipado da Série B 2021, dirigido pelo mineiro Enderson Moreira, que ganhou 16 dos 24 jogos, sem sofrer gol em 13; empatou 5 e das 3 derrotas só não fez gol em duas. Fora de casa, ganhou o primeiro e o último jogo por 1 x 0, no Confiança e no Brasil. A lamentar que Barreto, expulso ontem (21), fique ausente da rodada final.

BOM LEMBRAR – Rebaixado em 2014, o Botafogo ganhou a Série B de 2015 com três rodadas de antecedência, com 72 pontos em 38 jogos – 21 vitórias, 9 empates, 8 derrotas, saldo de 30 gols (60 a 30, defesa menos vazada). O time obteve a maior goleada: 5 x 0 no Sampaio Corrêa. Os campeões de 2015 – Jefferson, Luis Ricardo, Renan Fonseca, Roger Carvalho e Diego Giaretta; Rodrigo Lindoso, Willian Arão e Fernandes (Elvis); Neilton e Navarro (Ronaldo). Técnico – Ricardo Gomes.

Foto: Lance!, Volmer Perez/AGIF, Fogão Net,