O técnico Ramon Menezes, demitido do Vasco em outubro de 2020, após seis meses –  8 vitórias, 3 empates, 5 derrotas -, estreou no Vitória eliminando o Internacional por 3 x 1, de virada, na noite de ontem (10), na Arena Beira Rio, em Porto Alegre. O time gaúcho, só uma vez campeão da Copa do Brasil, em 1992, dirigido pelo técnico carioca Antonio Lopes, jogava pelo empate porque havia vencido o jogo de ida, em Salvador, por 1 x 0, gol de Tiago Galhardo, de pênalti.

PRIMEIRA VEZ – Foi a terceira vez que o Vitória eliminou o Internacional da Copa do Brasil, mas a primeira que conseguiu vencer por dois gols de diferença em Porto Alegre. Os gols foram no segundo tempo: o atacante Samuel fez 1 x 0 aos 25 e o volante Johhny empatou aos 33 para o Internacional;  meia Eduardo marcou no ângulo o gol mais bonito da noite aos 35 , e aos 40, Guilherme Santos completou os 3 x 1. Samuel, de 20 anos, formado na escolinha de Xerém, e emprestado pelo Fluminense ao Vitória até dezembro, disse após o jogo: “Tem que respeitar o futebol do Nordeste”.

EXPULSÃO – O jogo teve momentos de muita tensão. O árbitro mineiro Felipe Fernandes Lima advertiu três do Vitória com cartão amarelo e expulsou dois do Internacional, o zagueiro Pedro Henrique, aos 5 do segundo tempo, e o meia Boschilia, aos 48. Pedro Henrique já havia sido expulso domingo (6), na goleada que o Inter sofreu por 5 x 1 para o Fortaleza na Arena Castelão pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. 

BOM LEMBRAR – O ex-meia Ramon Menezes, mineiro de 48 anos, é ídolo da torcida do Vitória, campeão baiano em 95, e tricampeão em 2006-07-08, mas é a primeira vez que dirige o time, sétimo de sua carreira como técnico. O Vitória foi rebaixado pela sexta vez e ainda não venceu na Série B em 2021: décimo quarto com 1 ponto do 1 x 1 com o Guarani na estreia; perdeu (1 x 0) em casa para o Náutico, e volta a jogar em Salvador, domingo (13), com o Operário do Paraná.

COMPLICADA – Mesmo sem comandar o time, dirigido por seu assistente Martin Anselmi, o técnico espanhol Miguel Ángel Ramirez está com a situação cada vez mais complicada. Se o Internacional não ganhar domingo (13) do Bahia, no estádio de Pituaçu, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro, a pressão aumentará pela sua saída, três meses e meio após ser contratado em março. Os torcedores não colocaram as faixas de apoio ao time na Arena Beira Rio.

GRÊMIO NAS OITAVAS – Segundo maior campeão da Copa do Brasil com cinco títulos – menos um que o Cruzeiro -, o Grêmio chegou às oitavas de final administrando bem a vantagem do empate no 0 x 0 de ontem (10) com o Brasiliense, no Distrito Federal, depois de ganhar (2 x 0) o jogo de ida na Arena Grêmio. O técnico Tiago Nunes reapareceu após 15 dias se recuperando da Covid-19. Domingo (13) ele reencontra o Athletico Paranaense pelo Campeonato Brasileiro.

FORTALEZA ELIMINA CEARÁ – Depois de 1 x 1 no jogo de ida, o Fortaleza eliminou o Ceará e se classificou às oitavas de final da Copa do Brasil, com vitória categórica por 3 x 0, na noite de ontem (10), na Arena Castelão. O volante Felipe, que não marcava há oito meses, foi o primeiro gol aos 21. O atacante David fez o segundo aos 45, e na volta do intervalo, marcou o terceiro aos 22, com assistência do ex-vascaíno Pikachu, que voltou a ter atuação destacada.

BELA CAMPANHA – Em um mês e meio no Fortaleza, o técnico argentino Juan Pablo Vojvoda, ex-zagueiro de 46 anos, ganhou 7 jogos e empatou 2, com 31 gols, e sem sofrer gol nos últimos cinco jogos. Foi campeão cearense e lidera o Brasileiro com duas vitórias, 2 x 1 de virada no Atlético, no Mineirão, e 5 x 1 no Internacional, em Fortaleza. No clássico Fortaleza 3 x 0 Ceará, o árbitro carioca Bruno Arleu Araújo advertiu 11 com cartões amarelos, 6 do Ceará.

ARTILHEIRO HULK – Dividindo a artilharia da Libertadores com seis gols, com Rony (Palmeiras) e Gabriel (Flamengo), o paraibano Hulk igualou, com o gol na vitória (2 x 0) sobre o Remo, na noite de ontem (10), no Mineirão, os 11 gols que o baiano Keno havia marcado pelo Atlético em 2020. Detalhe: Keno fez 11 gols em 31 jogos, e Hulk, em 21. O outro gol da classificação às oitavas da Copa do Brasil foi do zagueiro Rever. O Atlético já havia vencido o Remo, em Belém, por 1 x 0.

15 CLASSIFICADOS – Com os resultados da noite de ontem (10), estão classificados para as oitavas de final da Copa do Brasil: Fluminense, Vasco, Atlético Mineiro, Grêmio, Fortaleza, Vitória, Bahia, Santos, São Paulo, CRB, Juazeirense, ABC, Atlético Goianiense, Criciúma e Athletico Paranaense. As datas inicialmente marcadas para as oitavas de final são as de 28, 29 e 30 de junho, jogos de ida, e 4, 5 e 6 de agosto, jogos de volta. O sorteio dos jogos ainda não tem data marcada.

Foto: Fala Barreiras