O PONTA LUIS HENRIQUE, revelado na escolinha de Xerém do Fluminense, brilhou no empate do Betis com o Barcelona (2 x 2), na semifinal da Supercopa da Espanha,  na noite desta 5ª feira (12), no estádio Rei Fahd, em Riad, capital da Arábia Saudita. Ele deu assistências para os gols e foi elogiado pelo técnico chileno Pellegrini.  

MAL NEGOCIADO EM MARÇO de 2022, Luis Henrique saiu do Fluminense para o Betis por irrisórios 8 milhões de euros (R$44 milhões), depois de 120 jogos, 14 gols e 16 assistências. Natural de Petrópolis, a cidade imperial da região serrana do Rio, Luis Henrique completou 22 anos no último dia 2.

O BARCELONA fez 1 x 0, gol de Lewandowski aos 40, após rebote do goleiro chileno Claudio Bravo, e na volta do intervalo, Luis Henrique deu assistência para o francês Nabil Fekir empatar aos 31. Na prorrogação, Ansu Fati fez o 2º do Barcelona aos 3, e aos 10, com outra assistência de Luis Henrique, o espanhol Loren Moron empatou de calcanhar.

O GOLEIRO ALEMÃO Manuel Neuer livrou o Barcelona da derrota, com quatro boas defesas, duas em chutes de Luis Henrique, e garantiu a classificação nos pênaltis ao defender as cobranças do espanhol Juanmi e do angolano William Carvalho. 100% nos pênaltis, o Barcelona converteu com Lewandowski, Kessié, Ansu Fati e Pedri.

BARCELONA e Real Madrid decidirão a Supercopa da Espanha, domingo (15), com 2.800 mil euros (R$16 milhões), e os 50 mil ingressos esgotados. O Real Madrid, 12 vezes campeão e 5 vezes vice, tenta se igualar ao Barcelona, 13 vezes campeão e 11 vezes vice da 3ª competição mais importante, depois do campeonato e da Copa do Rei. Das sete decisões entre as equipes, o Real Madrid ganhou seis.

POUCO ANTES DO JOGO, o Betis anunciou a compra do lateral-esquerdo Abner, do Athletico Paranaense, por 7 milhões de euros (R$38 milhões). Paulista de 22 anos, formado na Ponte Preta, Abner disputou 148 jogos desde 2019 pelo Athletico e vai assinar contrato com o clube de Sevilha até 2027.

Fotos: Divulgação / UOL / LANCE!