Escolha uma Página

DOIS DIAS DEPOIS da conquista da terceira Copa, a seleção da Argentina será recebida por uma multidão de torcedores, nesta 3ª feira (20), nas ruas centrais da capital Buenos Aires. Foi decretado feriado nacional pelo presidente da República, que vai condecorar os campeões no salão nobre da Casa Rosada, sede do governo.

O PONTO ALTO DA FESTA será no Obelisco, no cruzamento das avenidas Corrientes e 9 de Julho (dia da independência do país). Bem no coração da capital, o Obelisco tem 67 metros de altura e foi inaugurado no sábado, 23 de maio de 1936, em comemoração ao 4º centenário da cidade. No local, a bandeira nacional foi hasteada pela primeira vez em Buenos Aires, no domingo, 23 de agosto de 1812.

  • A ÚLTIMA DAS 7 COPAS com 32 seleções registrou 172 gols em 64 jogos, média de 2.68 gols por jogo. Sete dos quinze empates foram 0 x 0. A França teve o ataque mais positivo (15) e o artilheiro Kylian Mbappé (8), segundo da história, depois do inglês Geoff Husrt, a marcar três gols no jogo final, 14 Copas depois (1966).
  • A MAIOR GOLEADA da 22ª Copa do Mundo foi a de 7 x 0 da Espanha na Costa Rica, na fase de grupos, na 4ª feira, 23 de novembro, no estádio Al Thumama. Eliminada na fase de grupos, a Tunísia sofreu só 1 gol, na derrota para a Austrália, e só marcou 1 gol, na vitória sobre a França. O outro jogo foi 0 x 0 com a Dinamarca.
  • CRISTIANO RONALDO, sem Copa, mas único a fazer gol nas cinco Copas consecutivas de que participou, de 2006 a 2022. O maior artilheiro do futebol português continua sem clube, só treinando para manter a forma, no Real Madrid, onde fez mais gols (450) do que jogos (438), entre 2009 e 2018.
  • KARIM BENZEMA anunciou nesta 2ª feira (19), em que completa 35 anos, a saída da seleção da França, após 37 gols em 97 jogos. Ele estreou no amistoso de 28 de março de 2007, marcando o gol da vitória (1 x 0) sobre a Áustria. Benzema só ganhou um título com a seleção, o da Liga das Nações de 2021.
  • O ZAGUEIRO Josko Gvardiol, de 20 anos, 1,87m, da seleção da Croácia, que usou máscara durante a Copa, devido à fratura no nariz, está sendo disputado pelo Chelsea, Manchester United e Manchester City. O alemão Leipzig não estipulou preço e o técnico Guardiola garante que o City vai contratá-lo em janeiro.
  • A COPA DE 2030 terá que ser na América do Sul para comemorar os 100 anos da primeira, em 1930, no Uruguai – diz Alejandro Dominguez, presidente da Conmebol, sigla da Confederação Sul-Americana de Futebol. O dirigente insiste com a Fifa para que a Copa seja no Uruguai, Argentina, Chile e Paraguai, país onde nasceu.
  • ESPANHA E PORTUGAL decidiram incluir a Ucrânia como terceira sede da Copa de 2030. A decisão das sedes será anunciada pelo Congresso da Fifa em junho de 2024. O dirigente paraguaio insiste e reafirma: “Centenário é um só e a Copa de 2030 tem que ser baseada no Uruguai. A Europa terá outras Copas para promover”.

Foto: Tomas Cuesta / AFP