Escolha uma Página

FLAMENGO E ATLÉTICO MINEIRO é o mata-mata mais empolgante das oitavas de final da Copa do Brasil.  São Paulo x Palmeiras, Corinthians x Santos e Fortaleza x Ceará serão outros clássicos de arrepiar, sem que se possa reduzir a importância de Fluminense x Cruzeiro, Botafogo x América Mineiro, Athletico Paranaense x Bahia e Goiás x Atlético Goianiense, em ida e volta, a partir dos próximos dias 22 e 23.

FLAMENGO E ATLÉTICO MINEIRO já se enfrentaram quatro vezes na Copa do Brasil, com duas vitórias do Flamengo como mandante, uma do Atlético no Mineirão e 1 empate. O Flamengo foi campeão em 1990, 2006 e 2013; quatro vezes vice-campeão e disputou sete semifinais. O Atlético Mineiro foi campeão em 2014 e 2021; vice-campeão em 2016, e semifinalista em 2000 e 2002. 

O FLUMINENSE, campeão em 2017; vice em 1992 e 2005, e semifinalista em 2006 e 2015, enfrentará o Cruzeiro, maior campeão com seis títulos (1993, 96, 2000, 2003, 2017 e 2018); duas vezes vice e três vezes semifinalista. Bom dizer: o Grêmio, 1º campeão e 2º segundo com mais títulos (5), em nove finais, foi eliminado em 2022 pelo Mirassol, pela primeira vez na fase inicial, desde a 1ª Copa do Brasil em 1989.

O BOTAFOGO, vice-campeão em 1999 e semifinalista em 2007, 2008 e 2017, disputará o mata-mata das oitavas de final com o América Mineiro, que teve a melhor participação em 2020, ao chegar às semifinais. Ceará e Fortaleza tentarão título inédito. O Fortaleza foi semifinalista em 2021; o Ceará participou de duas semifinais e perdeu a única final, em 1994, por 1 x 0 para o Grêmio, pela segunda vez invicto como em 89.

NO CLÁSSICO PAULISTA da capital, o Palmeiras tentará o quinto título, campeão em 1998, 2012, 2015 e 2020, e o São Paulo tentará ser campeão pela primeira vez, após perder a única final, em 2000, para o Cruzeiro por 2 x 1, de virada, e de ter sido quatro vezes semifinalista. Corinthians x Santos: o Corinthians foi campeão em 1995, 2002 e 2009, e o Santos, campeão em 2010.

NO CONFRONTO COM o Goiás, vice-campeão da segunda Copa do Brasil em 1990 e três vezes semifinalista, o Atlético Goianiense tentará o primeiro título. É a mesma situação do Bahia, que ainda sequer chegou às semifinais, no confronto com o Athletico Paranaense, campeão em 2019, e vice-campeão em 2013 e 2021. Os jogos de volta serão nos dias 13 e 14 de julho. Só o campeão tem vaga na Libertadores.

Foto: Sportbuzz / UOL