O FLAMENGO VENCEU O AMÉRICA MINEIRO por 3 x 0, entre vaias e aplausos dos mais de 40 mil torcedores, na noite deste último sábado (25) de junho, no Maracanã, onde conseguiu a 4ª vitória, 3ª sem sofrer gol, que só não foi de goleada porque Arrascaeta perdeu um pênalti, antes de marcar o 2º gol. Foi apenas a segunda vitória do técnico Dorival Junior, após três derrotas.

O FLAMENGO SÓ MELHOROU NO 2º TEMPO, embora já tenha saído para o intervalo com 1 x 0, gol de Gabriel aos 41 minutos, após lançamento longo do goleiro Santos, que reapareceu bem depois de quase dois meses, que Pedro recebeu e deu assistência. Gabriel saiu entre vaias e aplausos aos 24 minutos do 2º tempo, substituído por Everton Ribeiro, que também foi recebido com frieza pelos torcedores.

NA VOLTA DO INTERVALO o Flamengo criou mais chances do que em todo o 1º tempo, mas não soube aproveitar, mostrando-se dispersivo nas finalizações. Arrascaeta sofreu e perdeu pênalti em sua 32ª cobrança, mas se redimiu aos 26 minutos, ao marcar o 2º gol com assistência de Everton Ribeiro, dois minutos após substituir Gabriel, que parece abatido após ficar fora dos planos de Tite na seleção.

O TERCEIRO GOL FOI DE MARINHO, o segundo desde a saída de Paulo Sousa. Ele aproveitou para um desabafo contra o técnico português, que o escalou pela esquerda, quando prefere jogar pela direita, embora seja canhoto. Marinho fez o gol nos acréscimos, aos 47 minutos, saindo da direita para o meio e finalizando de pé esquerdo.

O FLAMENGO APAGOU O SALDO NEGATIVO DE GOLS, passando a ter 16 marcados e 15 sofridos, e subiu ao 7º lugar com 18 pontos, mas poderá voltar a cair na classificação, se houver vencedor amanhã (26), entre Botafogo e Fluminense, ambos com 18 pontos, e se o São Paulo, com 18 pontos, vencer o Juventude, amanhã (26), no Morumbi.

FLAMENGO 3 x 0 AMÉRICA MINEIRO, em 8 jogos como visitante, 5ª derrota, todas sem fazer gol. R$1.437.355,25, com 40.050 pagantes no Maracanã. SANTOS, Rodinei, Gustavo Henrique, Leo Pereira e Ayrton Lucas; João Gomes (Willian Arão), Tiago Maia, Andreas (Diego) e Arrascaeta (Lázaro); Pedro (Marinho) e Gabriel (Everton Ribeiro). João Gomes suspenso do próximo jogo pelo 3º cartão amarelo.

O PRIMEIRO JOGO DO MATA-MATA das oitavas de final da Libertadores será 3ª feira (28), na Colômbia, com o Tolima. O Flamengo volta ao Campeonato Brasileiro sábado, 2 de julho, com o Santos, na Vila Belmiro. A cirurgia do joelho de Bruno Henrique será amanhã, último domingo (26) de junho, em um hospital de Copacabana, com os médicos confirmando o tempo de recuperação entre 10 e 12 meses.

DIA DE MUITO, VÉSPERA DE POUCO

TRÊS DIAS DEPOIS DA GOLEADA DE 4 x 0, no primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil, o Corinthians não conseguiu repetir a boa atuação e ficou no 0 x 0 com o Santos, que demitiria o técnico argentino Fabian Bustos, em caso de nova derrota. Foi o 10º 0 x 0, em 135 jogos da Série A do Campeonato Brasileiro de 2022, o primeiro do Corinthians e o segundo do Santos. 

CORINTHIANS 0 x 0 SANTOS registrou R$2.443.238,62, com 40.842 pagantes, na noite de hoje (25), na Arena Corinthians. Apesar do empate, o Corinthians termina a 14ª rodada na vice-liderança com 26 pontos, embora a diferença para o líder possa aumentar para 6 pontos, se o visitante Palmeiras, com 28, vencer amanhã (26), o Avaí, no estádio da Ressacada.

SEXTO COM 19 PONTOS, O SANTOS perderá posição se houver vencedor amanhã (26), no clássico Botafogo x Fluminense, ambos com 18 pontos, e/ou se o São Paulo, também com 18, confirmar o favoritismo e ganhar do Juventude, no Morumbi.

O TÉCNICO PORTUGUÊS VÍTOR PEREIRA poupou cinco titulares do Corinthians para o jogo de 3ª (28), terceiro consecutivo na Arena Corinthians, com o Boca Juniors, pelo mata-mata das oitavas de final da Copa Libertadores. O técnico argentino Fabian Bustos, do Santos, foi além: poupou seis para o primeiro jogo do mata-mata das oitavas de final da Copa Sul-Americana, 4ª (29), com o Tachira, na Venezuela.

Foto: Flamengo FC