Com a sétima vitória, terceira como mandante, o Flamengo assumiu a vice-liderança com 24 pontos, ao vencer (3 x 0) o Sport na noite de ontem (7), no Maracanã, e terminou a décima quarta rodada a três pontos do líder Atlético Mineiro, com 27, que sofreu a quarta derrota, todas como visitante, 2 x 1 para o Fortaleza, na Arena Castelão. O Flamengo confirmou a ascensão e só perde o segundo lugar se o Internacional, com 22 pontos, vencer o Bragantino, hoje (8), em Bragança Paulista.

SUPERIOR – Mesmo que só tenha conseguido fazer os gols na volta do intervalo, o Flamengo já havia sido superior ao Sport no primeiro tempo, apesar de se ressentir das ausências de Everton Ribeiro e Arrascaeta, seus jogadores mais criativos. O Flamengo fez três gols em nove minutos, o primeiro de Pedro, aos 6, o segundo de Gustavo Henrique, aos 10, e o terceiro de Pedro, aos 15, seu sexto gol nos últimos cinco jogos, acumulando 14 gols em 27 jogos este ano.

FLAMENGO – Hugo Souza, Isla, Gustavo Henrique, Natan e Filipe Luis (Renê); Arão, Tiago Maia, Gerson (Pepê) e Diego (Mateuzinho); Pedro (Lincoln) e Bruno Henrique (Vitinho). Técnico – Domènec Torrent. O Flamengo tem 24 pontos em 13 jogos  7 vitórias, 3 empates, 3 derrotas, saldo de cinco gols (20 a 15) – e fará os dois próximos jogos no Rio, sábado (10), com o Vasco, em São Januário, e terça (13), com o Goiás, no Maracanã.

SPORT – Luan Polli, Patric, Maidana, Adryelson e Sander (Luciano Juba); Marcão, Ricardinho, Lucas Mugni (Leandro Barcia) e Tiago Neves (Jonathan Gomez); Marquinhos (Rogerio) e Hernane (Maxwell). Técnico – Jair Ventura. O Sport perdeu três posições e caiu para oitavo com 20 pontos em 14 jogos  6 vitórias, 6 derrotas, 2 empates, saldo negativo de três gols (14 a 17) – e o próximo jogo é domingo (11), com o Botafogo, na Ilha do Retiro, no Recife.

EM CASA – O Flamengo só havia perdido como mandante para o Atlético Mineiro (1 x 0, na estreia), e depois empatado em 1 x 1 com Grêmio e Botafogo, e vencido o Fortaleza (2 x 1) e o Athletico Paranaense (3 x 1). O Sport tentava a terceira vitória como visitante, após 2 x 1 no Grêmio e no Bahia; empates com Atlético Goianiense (1 x 1) e Palmeiras (2 x 2),  e de três derrotas sem fazer gol: 2 x 0 Vasco, 1 x 0 Coritiba e Fortaleza.

QUATRO JOGOS SEM VENCER – Depois de 345 minutos sem fazer gol, o Corinthians voltou a marcar, mas completou o quarto jogo sem vencer, no 1 x 1 da noite de ontem (7), com o Santos, que teve o treinador Cuca, suspenso, substituído pelo irmão Cuquinha, que foi advertido por reclamação, na área técnica da Arena Corinthians. Os gols foram de cabeça, no primeiro tempo, com Madson fazendo o do Santos, aos 11, e Avelar, aos 46 minutos.

SÉTIMO – O Santos desceu uma posição e terminou a rodada em sétimo, com 21 pontos em 14 jogos – 5 vitórias, 3 derrotas, 6 empates, saldo de três gols (19 a 16) – e os próximos jogos serão na Vila Belmiro, domingo (11), com o Grêmio, e quarta (14), com o Atlético Goianiense. O Corinthians é décimo terceiro com 15 pontos em 14 jogos – 3 vitórias, 5 derrotas, 6 empates, saldo negativo de dois gols (16 a 18) – e será visitante, domingo (11), com o Ceará, e quarta (14), com o Athletico Paranaense.

Foto: André Durão