Escolha uma Página

A RODADA DE ABERTURA da Série A do Campeonato Brasileiro de 2024, só com um 0 x 0, registrou 28 gols – 11 no 1º tempo -, e entre os sete vencedores, o Flamengo foi o único, dos três visitantes, a ganhar com gols de bola parada: o de falta de De La Cruz, no ângulo direito, sem ação do goleiro Ronaldo, e o de pênalti, de Pedro, rasteiro no canto esquerdo.

HOUVE GOLS DE OUTROS sete estrangeiros: Richard Rios, colombiano, Palmeiras 1 x 0 no Vitória; Lucero e Machuca, argentinos, 2 x 1 do Fortaleza no São Paulo, e Godoy, 3º do 4 x 0 do Athletico no Cuiabá, e os uruguaios Thiago Borbas, do Bragantino, no 2 x 2 com o Fluminense, e Canobbio e Mastriani, do Athletico, 4 x 0 no Cuiabá.

O 1º TÉCNICO EXPULSO, logo aos 11 minutos, foi o carioca Jair Ventura, de 45 anos, do Atlético Goianiense, ao reclamar da não-marcação de falta dura do chileno Erick, e teve o apoio de Tite, técnico do Flamengo. O português Antonio Oliveira, de 41 anos, do Corinthians, foi o outro técnico expulso, após 0 x 0 com o Atlético, ao entrar em campo para reclamar.

ALÉM DOS DOIS TÉCNICOS, quatro jogadores expulsos: Battaglia, meia argentino do Atlético, 10 segundos após o 1º amarelo; o zagueiro Alix, falta em Pedro, e o lateral Maguinho, do Atlético Goianiense, cotovelada em Bruno Henrique, e Barboza, zagueiro paraguaio do Botafogo, uma sola dura em Matias, do Cruzeiro.

ATHLETICO 4 x 0 CUIABÁ, único com três gols no 1º tempo, foi a maior goleada, mas Cruzeiro 3 x 2 Botafogo foi o jogo com mais gols, e 2 x 1 o placar mais registrado, em três jogos: Internacional 2 x 1 Bahia, na única vitória de virada; São Paulo 1 x 2 Fortaleza e Atlético Goianiense 1 x 2 Flamengo.

DOS SETE VENCEDORES, só o Athletico Paranaense – 4 x 0 no Cuiabá – e o bicampeão Palmeiras – 1 x 0 no Vitória -, não sofreram gol.

DOS 10 QUE JOGARAM EM CASA, só Internacional, Cruzeiro, Athletico e Vasco venceram. Vasco (2 x 1) e Athletico (4 x 0), únicos que decidiram no 1º tempo.

NENHUM DOS QUE subiram da Série B conseguiu vencer na volta à Série A: o Vitória, campeão, perdeu em casa para o Palmeiras (1 x 0); o Atlético Goianiense (4º), perdeu em casa para o Flamengo (2 x 1), e o vice-campeão Juventude, único visitante, empatou (1 x 1) com o Criciúma (3º), que fez o 1º gol da Série A de 2024 com Renato Kayzer.

COM 28 GOLS, A 1ª RODADA de 2024 teve mais sete gols que a 1ª rodada de 2023: Flamengo 3 x 0 Coritiba (rebaixado), Grêmio 1 x 0 Santos (1ª vez rebaixado), Athletico 2 x 0 Goiás (rebaixado), América Mineiro (rebaixado) 0 x 3 Fluminense, Botafogo 2 x 1 São Paulo, Palmeiras 2 x 1 Cuiabá, Bragantino 2 x 1 Bahia.

BAHIA E FLUMINENSE, tentando a primeira vitória, fazem o único jogo desta 3ª feira (16), no estádio Barradão, em Salvador, na abertura da 2ª rodada, que também teria Cuiabá x Vitória, na Arena Pantanal, mas foi adiado porque o Cuiabá faz amanhã (17) o jogo de ida das semifinais da Copa Verde com o Vila Nova, em Goiânia.

Foto: Marcelo Cortes / CRF