Pedro e Gabriel serão preservados do jogo de amanhã (21) com o Coritiba, no Maracanã, pela rodada 22 do Campeonato Brasileiro, a fim de que estejam com a recuperação completa para a próxima terça (24), na Argentina, onde o Flamengo disputará o jogo de ida do mata-mata das oitavas de final da Libertadores com o Racing, no estádio El Cilindro. Pedro sentiu a coxa nos poucos minutos do jogo com a Venezuela e foi desligado da seleção antes da viagem ao Uruguai.

COM CAUTELA – Dentro do elevado padrão de cautela adotado pelos médicos do clube, os jogadores passam sempre pelo criterioso processo de reavaliação. É consenso que apressar o retorno pode representar agravamento do caso e é bem melhor para o próprio jogador não ser exposto a nenhum risco. Além de Pedro e Gabriel, os outros dois casos, do lateral Filipe Luis e do meia Diego, também são de problema muscular na coxa. Todos voltarão a ser reavaliados hoje (20), antes do treino final.

PRESSÃO – Depois de três derrotas consecutivas para o São Paulo, com duas custando a eliminação das semifinais da Copa do Brasil, a pressão está aumentando sobre o Flamengo, agora restrito ao Campeonato Brasileiro e à Libertadores, em que pode bisar os títulos de 2019. Embora só a dois pontos do líder Atlético Mineiro e em igualdade com Internacional e São Paulo, o Flamengo é quarto por ter o pior saldo de gols. O Palmeiras, quinto com 34 pontos e menos um jogo, é outra grande pressão.

FAVORITO – Ainda que não tenha o retorno do poder de fogo, sem Pedro e Gabriel, o time conta com Bruno Henrique, um dos artilheiros da temporada, e entra como favorito amanhã (21), devido à fragilidade do adversário. O Coritiba é antepenúltimo com 20 pontos e dos 21 jogos só venceu 5, empatou 5 e perdeu 11 e seu saldo negativo é de 9 gols (19 a 28). Só 5 dos 9 infectados foram liberados, mas o atacante Rodrigo Muniz, emprestado pelo Flamengo, foi solicitado de volta.

ZAGUEIRO – Diante das atuações desastrosas da defesa do Flamengo, que só do São Paulo levou nove gols em quatro jogos, os agentes de jogadores estão atentos e já ofereceram o zagueiro colombiano Juan Quintero, de 25 anos, 1,83m, conhecido do técnico Rogerio Ceni, que o dirigiu no Fortaleza. Quintero foi bicampeão cearense e ganhou a Copa do Nordeste, além de ter experiência internacional, após boa passagem pelo espanhol Sporting Gijon. As avaliações estão sendo feitas.

RACING – O adversário da próxima terça (24), no estádio El Cilindro, o Racing Club de Buenos Aires não atravessa boa fase. O Campeonato Argentino está sendo disputado por 24 times, divididos em seis grupos de 4, e o Racing é o último do Grupo A, após perder todos os quatro jogos. Na derrota (2 x 0) da noite de ontem (19), fora de casa, para o Atlético Tucuman, líder do grupo, o técnico Sebastián Beccacece, ex-lateral de 39 anos, poupou a maioria dos titulares, escalando a base da equipe sub-20.

Foto: Torcedores