O FLAMENGO TEVE DOMÍNIO QUASE ABSOLUTO, mas não soube vencer o Athletico Paranaense, e com o 0 x 0 da noite de ontem (27), no Maracanã, vai decidir a vaga em Curitiba. Outro empate, na noite de 17 de agosto, por qualquer placar, na Arena da Baixada, levará a decisão aos pênaltis.

O FLAMENGO FINALIZOU MUITO, mas parou em boas saídas do goleiro Bento, que defendeu todas as bolas altas, e quando batido, foi salvo pelo travessão e pelo zagueiro Khellven, sobre a linha do gol, em chutes de Gabriel, que no 1º tempo perdeu uma das boas chances ao prender o pé no gramado, que continua ruim.

O ATHLETICO PARANAENSE assumiu o defensivismo, limitando-se aos contra-ataques, quase todos dominados pelos zagueiros, antes que a bola chegasse ao seu ex-goleiro Santos, que não fez defesa difícil no jogo. Já o goleiro Bento foi muito exigido, mas mostrou-se bem atento, como no lance de calcanhar de Pedro, que também acertou cabeçada na trave.

VENCEDOR DE QUATRO COPAS DO BRASIL em cinco decisões, Luis Felipe Scolari, técnico mais velho em atividade no futebol brasileiro, está mostrando aos 73 anos como sabe armar bem as equipes. Com duas linhas de quatro, ele fechou o meio e o Flamengo teve que usar mais as laterais, abusando do chuveirinho.

FLAMENGO 0 x 0 ATHLETICO PARANAENSE registrou R$4.175.455,50, mas os 65.271 pagantes não se mostraram tão empolgados quanto em outros jogos, nem mesmo quando Gabriel levantou os braços, aos 22 do 2º tempo, e pediu incentivo. O time não passou à torcida a confiança na vitória, ainda que tenha se empenhado muito.

FOI O PRIMEIRO EMPATE desde que Dorival Junior assumiu. O técnico engrossou o coro de reclamações dos jogadores, que cercaram o árbitro paulista Luis Flavio Oliveira, isolado pela segurança de policiais militares. O árbitro não exerceu influência no resultado do jogo, marcou bem as faltas e aplicou bem os cartões.

O PRIMEIRO AMARELO, aos 22 minutos, foi para o goleiro Bento, pela demora na cobrança do tiro de meta. O 2°, aos 27, pelo pé alto do zagueiro Erick em Everton Ribeiro, e o 3º, aos 34, pela falta grosseira de Gabriel, atingindo as pernas do volante Fernandinho. 

O FLAMENGO NÃO TERÁ o meia Thiago Maia, 5º advertido com cartão amarelo, e David Luiz, expulso aos 51 minutos do 2º tempo, após o 2º amarelo por falta em Vitinho. O veterano tem usado muito o braço nos desarmes e está entre os que mais reclamam quando cometem falta. Ele e Gabriel.

SANTOS, Rodinei, David Luiz, Leo Pereira e Filipe Luis (Ayrton Lucas); Thiago Maia, João Gomes (Arturo Vidal), Everton Ribeiro (Everton Cebolinha) e Arrascaeta; Pedro e Gabriel. Cebolinha e Vidal entraram aos 15 do 2º tempo, mas não renderam bem. O Flamengo volta sábado (30), ao Maracanã, para o jogo da 20ª rodada do Brasileiro com o Atlético Goianiense.

CORINTHIANS PERDE EM GOIÂNIA

JOGANDO MAL, sem criatividade, o Corinthians perdeu por 2 x 0 para o Atlético Goianiense, do técnico Jorginho, lateral campeão do mundo em 94, na noite de ontem (28), no estádio Antonio Accioly, em Goiânia. No jogo de volta, na Arena Corinthians, o Atlético se classifica à semifinal até com derrota por um gol.

O GAÚCHO CÁSSIO, com boas defesas, tornou-se o goleiro com mais jogos (603) pelo Corinthians, recebendo no vestiário, antes do jogo, a camisa personalizada e com o número de atuações. Ele não culpa no gol do meia Jorginho aos 22 do 1º tempo, e no gol do meia Leo Pereira, aos 41 minutos do 2º tempo. 

ATLÉTICO GOIANIENSE ou Corinthians será adversário de Fortaleza ou Fluminense, e na outra semifinal, o vencedor de Athletico Paranaense x Flamengo com América Mineiro ou São Paulo.