O FLAMENGO GANHOU FÔLEGO COM A VITÓRIA SOBRE O ATLÉTICO, mas só foi vice-líder por um dia, com os 3 x 1 do Palmeiras no Grêmio, e pode voltar ao quarto lugar, se o visitante Bragantino vencer hoje (1) o Cuiabá. Os dois jogos atrasados, amanhã (2) com o Athletico Paranaense, e sexta (5) com o Atlético Goianiense, podem diminuir para quatro pontos a vantagem do líder, embora o Atlético Mineiro também faça quarta (3) jogo adiado, em casa, com o Grêmio.

O FLAMENGO TEM CHANCE RARA, E AINDA QUE REDUZIDA, DE SE IGUALAR AO SÃO PAULO, único com três títulos consecutivos de campeão brasileiro (2006-07-08). O Atlético Mineiro, campeão no já bem distante 1971, também não quer terminar a boa campanha de 2021, sem o título que não ganha há quase meio século. Seria a segunda frustração da temporada, em que a Copa do Brasil furou o plano da Tríplice Coroa, para ficar igual ao arquirrival Cruzeiro.

NA CONTAGEM REGRESSIVA, RESTAM AO LÍDER ATLÉTICO,COM  seis jogos no Mineirão, os três primeiros consecutivos: quarta (3) com o Grêmio; dia 7 com o América Mineiro e dia 10 com o Corinthians. Os outros três, dia 20 com o Juventude; dia 28 com o Fluminense, e o último, dia 1 de dezembro com o Bragantino. Os três como visitante, dia 16 com o Athletico Paranaense; dia 24 com o Palmeiras, e o da última rodada, dia 5 de dezembro, com o Grêmio.

O FLAMENGO COMEÇA A CUMPRIR A AGENDA de 11 jogos amanhã (2), reencontrando o Athletico Paranaense, que o tirou da final da Copa do Brasil. Os outros cinco jogos fora de casa serão dia 8 com a Chapecoense; dia 14 com o São Paulo, no reencontro com Rogerio Ceni; dia 20 com o Internacional; dia 24 com o Sport, e na última rodada, dia 5 de dezembro, outra vez com o Atlético Goianiense. O Maracanã verá o Flamengo na próxima sexta (5), no jogo atrasado com o Atlético Goianiense; dia 11 com o Bahia; dia 17 com o Corinthians; dia 28 com o Ceará, e dia 1 de dezembro com o Santos.

O PALMEIRAS RETOMOU A VICE-LIDERANÇA com a virada no Grêmio e não pode ser descartado da briga pelo título. Até agora não há uma posição da Confederação Brasileira de Futebol sobre as datas que antecedem a final da Libertadores, dia 27, no Uruguai, entre Palmeiras e Flamengo. Ambos têm jogo três dias antes (24): o Palmeiras no Mineirão com o Atlético; o Flamengo com o Sport na Arena Pernambuco. A lógica indica que sejam reprogramados, mas, nunca se sabe.

QUEM PODE TER VANTAGEM NOS CONFRONTOS, na avaliação dos adversários do Atlético e do Flamengo, que a maioria dos observadores vê como mais próximos do título? Teoricamente, o Flamengo terá no São Paulo e no Internacional, os mais difíceis fora de casa, e Corinthians e Santos, no Maracanã. O Atlético deve encontrar mais resistência no Corinthians e no Bragantino, e fora de casa, no Palmeiras. Você concorda ou tem opinião diferente?

Foto: Povo Online