Depois de sofrer dois gols em falhas dos zagueiros Bruno Viana e Arão, o Flamengo perdeu os 100% de aproveitamento, mas escapou da derrota para o Union La Calera, no estádio Chahuam Nazar, no único empate (2 x 2) da noite de ontem (11), na abertura da quarta rodada da fase de grupos da Libertadores. Invicto e tranquilo, com os dois últimos jogos no Maracanã, o Flamengo lidera o Grupo G com 10 pontos. LDU com 4 e Velez com 3 decidem o segundo lugar amanhã (13), em Buenos Aires.

ERROU FEIO – O zagueiro Bruno Viana, de 26 anos, emprestado pelo Braga, de Portugal, errou feio duas vezes, logo no início, e deu chance ao meia chileno Ariel Martinez de fazer 1 x 0 aos 8 minutos. O Flamengo sofreu o sétimo gol em quatro jogos na Libertadores, aos 27 minutos, quando o zagueiro Willian Arão marcou gol contra, atrapalhando-se ao tentar desviar o escanteio. Ariel Martinez fez pênalti em Everton Ribeiro aos 31 e Gabriel converteu, aliviando a situação do time.

REDIMIU-SE – Era visível a ansiedade de Arão, depois de fazer o gol contra. O zagueiro conseguiu se redimir da falha, aos 33, empatando de cabeça após a cobrança do escanteio, deixando o La Calera como único dos quatro do Grupo G sem vitória em quatro jogos, bem de acordo com sua fragilidade técnica. O árbitro colombiano Andrés Rojas, de 36 anos, marcou 19 faltas (7 do Flamengo) e advertiu com cartão amarelo Bruno Henrique, Filipe Luis, Arrascaeta e João Gomes, e outros 4 do La Calera.

FLAMENGO – Gabriel Batista, Isla (Bruno Viana), Arão, Bruno Viana (Mateusinho) e Filipe Luis; Diego, João Gomes (Pedro), Everton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabriel, que faz boa temporada – 12 gols em 11 jogos – e chegou aos 17 gols em 21 jogos na Libertadores, mais um gol que Zico, capitão e artilheiro da equipe em 1981, quando o Flamengo, do técnico Paulo Cesar Carpegiani, foi campeão da Libertadores e do Mundial de clubes pela única vez. 

O PRIMEIRO – La Calera e Flamengo ficaram no único empate dos seis jogos da noite de ontem (11), décimo quarto em 54 jogos da fase de grupos e o primeiro 2 x 2. Os dois últimos jogos do Flamengo, para consolidar o primeiro lugar do Grupo G, e aguardar o sorteio das oitavas de final, serão no Maracanã com a LDU e o Velez, adversários que, por coincidência, venceu por 3 x 2 nos jogos de ida no Equador e na Argentina, onde conseguiu a virada. 

CINCO INVICTOS – Flamengo, Fluminense, Atlético Mineiro, River e La Guaira são os invictos da Libertadores 2021. Só dois ainda  não sofreram gol, São Paulo e Argentinos Juniores, que divide com o Palmeiras os 100% de aproveitamento. 

Foto: Sportbuzz