ENQUANTO O ATLÉTICO PODERÁ PERDER ATÉ POR 3 x 0, ao golear o Fortaleza por 4 x 0 no Mineirão, o Flamengo terá que vencer o Athletico Paranaense na próxima quarta (27), no Maracanã, ou decidir nos pênaltis, se empatar, como só conseguiu nos acréscimos do jogo da noite de ontem (20), na Arena da Baixada, em Curitiba. O Flamengo fez 1 x 0, mas levou a virada no segundo tempo e foi salvo por um pênalti aos 54 minutos, quando o jogo parecia perdido.

DEPOIS DE ABRIR O PLACAR, com o gol do meia Tiago Maia aos 14 minutos, o Flamengo teve duas boas chances para ampliar, mas o Athletico Paranaense se salvou com duas grandes defesas do goleiro paraibano Santos, medalha de ouro dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, em chute de Gabriel e em cabeçada de Willian Arão, outra vez uma das referências da equipe, com atuação equilibrada no desarme e no apoio.

LOGO NA VOLTA DO INTERVALO, o Flamengo cedeu o empate aos 2 minutos, com o gol de cabeça do zagueiro Pedro Henrique. O Flamengo ainda chegou a equilibrar o jogo, mas acabou levando a virada aos 25, com o gol de Renato Kayzer, que aproveitou bem o cruzamento do lateral Abner. O Flamengo sentiu, mas não se abateu e teve a recompensa do esforço no empate final. Fasson fez pênalti em Rodrigo Caio e Pedro converteu com categoria no 2 x 2.

APÓS QUATRO VITÓRIAS SEM SOFRER GOL, o Flamengo teve o primeiro tropeço na Copa do Brasil. Por estar disputando a Libertadores, o time só entrou nas oitavas de final: 6 x 0 no ABC, no Maracanã, e 1 x 0, em Natal, jogo que o técnico Renato só orientou o assistente pelo celular; 4 x 0 no Grêmio, em Porto Alegre, e 2 x 0 no Maracanã. O atacante Gabriel completou o sétimo jogo sem gol, tal como entre março e agosto de 2020. 

SETE AMARELOS – Em se tratando de início de semifinal, era natural o jogo pesado, e o árbitro paulista Luis Flavio Oliveira aplicou sete cartões amarelos em Rodrigo Caio, Leo Pereira e Andreas, do Flamengo, e em Cittadini, Canesin, Fasson, pelo pênalti, e Nikão, por reclamar da marcação do pênalti. O Athletico irá ao Maracanã para o segundo jogo da semifinal da Copa do Brasil, dia 27, e o Flamengo voltará a Curitiba, dia 2, para o jogo adiado da quarta rodada do Campeonato Brasileiro.

Foto: Agência Brasil