O FLAMENGO É AMPLAMENTE favorito do jogo da noite de hoje (24) com o São Paulo, no Morumbi, devendo abrir boa vantagem para confirmar a classificação no Maracanã, na 4ª feira, 14 de setembro. O favoritismo do Flamengo se acentua com a volta dos titulares, diante de adversário que faz campanha irregular em 2022.

A SITUAÇÃO É BEM DIFERENTE de há dois anos, quando o São Paulo, dirigido por Fernando Diniz, eliminou o Flamengo, na estreia de Rogerio Ceni, nas quartas de final de 2020, vencendo por 2 x 1 no Maracanã e 3 x 0 no Morumbi. Depois o time se reabiitou e ganhou o bicampeonato brasileiro e a Recopa Sul-Americana.

O FLAMENGO disputou a final da Copa do Brasil pela sétima vez em 2017, perdendo para o Cruzeiro, recordista com sete títulos. Depois de 1 x 1 no Maracanã e 0 x 0 no Mineirão, o Cruzeiro venceu nos pênaltis por 5 x 3. O Flamengo ganhou a Copa do Brasil em 90, 2006 e 2013, e foi vice-campeão quatro vezes.

O SÃO PAULO só disputou a final da Copa do Brasil em 2000, perdendo os dois jogos com o Cruzeiro por 2 x 1, no Morumbi e no Mineirão. Seu atual técnico Rogerio Ceni era o goleiro, dirigido pelo técnico Levir Culpi. Esta é a 4ª semifinal do São Paulo, em campanha instável no Campeonato Brasileiro de 2022 em 12º lugar.

O FLAMENGO definiu a escalação: Santos, Rodinei, David Luiz, Leo Pereira e Filipe Luis; Thiago Maia, João Gomes, Arrascaeta e Everton Ribeiro; Gabriel e Pedro. Três terão que evitar o cartão amarelo, sob pena de ficarem de fora do jogo de volta: João Gomes, Everton Ribeiro e Gabriel.

O SÃO PAULO terá a volta dos titulares, poupados no jogo de domingo (21), na Vila Belmiro, em que perdeu para o Santos por 1 x 0. Rogerio Ceni definiu Jandrei, Rafinha, Diego Costa e Leo; Igor Vinicius, Pablo Maia, Rodrigo Nestor, Igor Gomes e Reinaldo; Luciano e Calleri.

Foto: Alexandre Vidal/Flamengo