Na vigésima vitória de mandante, foi a segunda do Flamengo em casa, nos 2 x 1 sobre a Chapecoense, neste domingo do Dia das Mães, com muito sol e calor no Rio, diante do maior público da quarta rodada – 57.494 pagantes -, no Maracanã. O Flamengo já saiu para o intervalo com 1 x 0, gol de Vitinho aos 8 minutos, com assistência do peruano Trauco. O goleiro Tiepo evitou o segundo gol ao defender o pênalti, de Bryan em Lincoln, em um primeiro tempo sob domínio quase total do Flamengo.R$1.692.892,00.

FIM DO JEJUM – O gol da segunda vitória do Flamengo no Brasileirão 2019 foi aos 7 do segundo tempo, o primeiro de Lincoln em cinco jogos no ano, completando de carrinho o cruzamento do meia Ronaldo. Único atacante mantido até o fim, Lincoln, de 22 anos, formado na base do clube, teve participação um pouco melhor que nos jogos anteriores, mas sem empolgar. Nos acréscimos de cinco minutos, o zagueiro Gum, ex-Fluminense, marcou de cabeça o gol da Chapecoense aos 47, após escanteio de Bryan.

FLAMENGO – Diego Alves, Rodinei, Thuler, Rodrigo Caio e Trauco; Piris da Mota, Ronaldo e Diego (Everton Ribeiro, 38 do segundo tempo); Vitinho (Bruno Henrique, 28 do segundo tempo), Berrio (Bill, 38 do segundo tempo) e Lincoln. Técnico – Abel Braga. Os dois próximos jogos serão fora do Rio: quarta (15), em São Paulo, com o Corinthians – jogo de ida das oitavas da Copa do Brasil – e domingo (19), em Belo Horizonte, com o Atlético, pela quinta rodada do Brasileirão.

CHAPECOENSE – Tiepo, Bryan, Gum, Douglas e Bruno Pacheco; Marcio Araújo, Augusto e Alan Ruschel (Elicarlos, 13 do segundo tempo); Renato (Rildo, 31 do segundo tempo), Everaldo e Regis (Arthur, 13 do segundo tempo). Técnico – Nei Franco. Foram advertidos com cartão, Bryan, Bruno Pacheco e Alan Ruschel. Foi a segunda derrota como visitante, após 1 x 1 com o Atlético Paranaense e a vitória (2 x 0) na estreia, também em casa, sobre os reservas do Internacional. O próximo jogo será em Chapecó, domingo (19), com o Fortaleza. 

PRIMEIRO SUSPENSO – Advertido com cartão amarelo aos 36 do primeiro tempo, por agarrar Alan Ruschel, o meia Diego é o primeiro do Flamengo a cumprir suspensão no Brasileirão 2019. O terceiro cartão o tira do jogo do próximo domingo (19) com o Atlético Mineiro, no estádio Independência, em Belo Horizonte. O outro advertido do Flamengo foi o meia Ronaldo, aos 26 do segundo tempo, por falta em Augusto. O árbitro gaúcho Jean Pierre Lima teve atuação correta.

O DIA DAS MÃES – Três meses depois do incêndio no Centro de Treinamento George Helal, tratado como Ninho do Urubu, o primeiro Dia das Mães dos 10 jovens, de 14 a 16 anos, que morreram enquanto dormiam, foi de muita tristeza. A maioria continua sofrendo com a perda e decepcionada com o pouco interesse do clube, que só fez acerto com três das famílias dos mortos. Ao invés de solução, o Flamengo tem optado pelo silêncio.