Escolha uma Página

Será aberta aos torcedores rubro-negros, neste feriado de 7 de setembro, a exposição Flamengo, História de uma paixão, idealizada por Walter Oaquim – presidente do Conselho dos Grandes Beneméritos – e aprovada pelo tricolor Jesus Chediak – diretor da Casa França-Brasil -, com fotos, videos e áudios, contando os 123 anos que o Mais Querido do Brasil, fundado em 15 de novembro de 1895, vai comemorar com grandes festas neste ano de 2018.

Walter Oaquim – presidente do Conselho dos Grandes Beneméritos

NESTE PRIMEIRO fim de semana da exposição, haverá amanhã (sábado, 8) visita guiada para o público em geral, com a participação do curador Nelson Martins e do pesquisador Bruno Lucena, e domingo (9), as mesas-redondas Flamengo na boca do povo e Educando, através do esporte.

NO FIM DE SEMANA seguinte (14 e 15), Louca paixão pelo Flamengo, a História do Manto Sagrado (1895-2018), o Poder da marca Flamengo e o Flamengo e as artes, temas que serão abordados com a participação de torcedores e representantes de diversos segmentos das artes. 

EMBAIXADAS DA NAÇÃO – No último fim de semana (22 e 23 de setembro), a exposição Flamengo, História de uma paixão, terá debate com os embaixadores da Nação Rubro-Negra em São Paulo, Joinvile, Curitiba, Boa Vista, Brasília e Salvador. Outros temas serão Flamengo e sua história: passado, presente e futuro; as glórias, dentro e fora de campo, e os esportes olímpicos, com a participação de grandes ex-atletas.

ALÉM DA CURADORIA de Nelson Martins, a produção de Matheus Foster Dias; assessoria teórica e artística de Rodrigo Tolentino, e a produção executiva de Breno Chagas. No pré-lançamento da exposição, ontem (6), estive com o rubro-negro Marcelo Santos, que fotografou especialmente a bela taça Salutaris, ganha pelo voto dos torcedores rubro-negros em 1927, quando o Jornal do Brasil realizou o concurso.

Foto: Marcelo Santos / Blog do Deni Menezes