Escolha uma Página

Foto: site trivela.com.br

Uma semana depois de completar 60 anos, Leandro será homenageado hoje (23) com um busto na sede do Flamengo. É o reconhecimento do clube ao melhor lateral-direito de sua história, com 415 jogos e 14 gols, entre 1979 e 1990. Quatro vezes campeão carioca – 78, 79, 81, 86 -, três vezes campeão brasileiro – 80, 82, 83 -, campeão da Libertadores e Mundial de clubes em 81, Leandro também honrou a camisa da seleção em 29 jogos, de 81 a 86, e foi o melhor lateral da Copa do Mundo de 1982.

A frase de Leandro, na entrada do Fla-Memória, na sede da Gávea, diz tudo: “Não me sentiria bem vestindo outra camisa que não fosse a do clube do meu coração, o Flamengo”. Isso não é saudosismo, não. É história, da boa e sempre bem lembrada. E me sinto alegre, como repórter de oito Copas do Mundo consecutivas, de ter visto Leandro do início ao fim de uma das carreiras mais marcantes de um profissional de alto nível.