Escolha uma Página

PRESSIONADO PELA PERDA DA INVENCIBILIDADE, no único jogo do ano em que sofreu dois gols, na derrota (2 x 1) para o Bolívar, Tite muda tudo no Flamengo para o clássico de amanhã (28) com o Botafogo, com o retorno de seis titulares que não foram a La Paz: Arrascaeta, Pedro, Erick Pulgar, Ayrton Lucas, Varela e Leo Pereira.

A COBRANÇA POR TER POUPADO jogadores importantes e decisivos, em derrota que pode ter custado ao Flamengo a perda do 1º lugar do Grupo E da Libertadores, com menos cinco pontos que o líder Bolívar (9 a 4), faltando três rodadas, deixou o técnico em situação muito desconfortável, embora mantendo a calma.

TITE NÃO PERDEU A ELEGÂNCIA nas respostas, mas reagiu com certa energia às críticas: “A ciência está há muito tempo no futebol, não é novidade de agora, vem desde quando eu jogava. Mesmo com todo o suporte que o Flamengo tem, a responsabilidade é minha, e tenho lucidez suficiente para não estourar um jogador e ficar sem ele por mais tempo”.

O TÉCNICO MAIS VELHO DO BRASILEIRO DE 2024, que completará 63 anos em 25 de maio, destacou que as muitas mudanças na equipe, no jogo com o Bolívar, se basearam na sequência de jogos e, principalmente, no desgaste da altitude: “Jogamos 4ª à noite e voltaremos a jogar domingo, às 11 da manhã. Se não querem me ouvir, ouçam o que disse o Guardiola sobre o desgaste de jogadores”.

BOM LEMBRAR: dos 24 jogos em que dirigiu o Flamengo – 17 vitórias, 3 empates, 4 derrotas -, Tite fez 15 escalações diferentes, só repetindo a formação em 5 jogos, todos do Campeonato Carioca: Rossi, Varela, Fabricio Bruno, Leo Pereira e Ayrton Lucas; Erick Pulgar, De La Cruz e Arrascaeta; Luis Araújo, Pedro e Cebolinha.

DESSA EQUIPE, O TÉCNICO só continuará sem Cebolinha, recuperando-se de lesão muscular na perna, mas terá de volta amanhã (28) os titulares que poupou do jogo com o Bolívar. Em termos de alterações na equipe, de jogo a jogo, Tite pode ser considerado aprendiz, se comparado ao argentino Jorge Sampaoli, que em 39 jogos escalou 39 formações diferentes.

O FLAMENGO DECIDIU também continuar a redução do desgaste, ao trocar a concentração do Ninho do Urubu, em Vargem Grande, na Zona Oeste, a 41 km do Maracanã, pelo Leme Palace, hotel da Zona Sul, a 13 km do estádio. Os jogadores ganharam mais algumas horas de folga e só se apresentarão na noite de hoje (27).

DEPOIS DO JOGO DE AMANHÃ (28), o Flamengo voltará ao Maracanã 4ª feira, 1 de maio, para a estreia na 3ª fase de grupos da Copa do Brasil com o Amazonas FC. Sábado (4), o time irá a Brasília para o jogo da 5ª rodada com o Bragantino, igual em pontos (7), mas líder do Brasileiro por mais um gol (5 a 4).

Fotos: Portal Botafoguense