Foto: site mundorubronegro.com

O Flamengo mantém o entusiasmo na reta final e promete continuar na cola do líder, voltando a vencer na noite deste sábado (10), no estádio Nilton Santos, no clássico com o Botafogo, dos mais tradicionais do futebol carioca. Se ganhar, espera que amanhã, como visitantes, o vice-lider Internacional perca para o Ceará, e o líder Palmeiras seja derrotado pelo Atlético Mineiro, que precisa voltar a ganhar depois de cinco jogos.

A rodada 33 começa com o Palmeiras (66 pontos, 19 vitórias), Internacional (61 pontos, 17 vitórias), Flamengo (60 pontos, 17 vitórias) e o São Paulo (57 pontos, 15 vitórias), todos com vaga certa na Libertadores 2019. O São Paulo só poderá se igualar em pontos ao Flamengo, que continuará em vantagem, ainda que perca, por ter mais vitórias (17 a 15). O São Paulo também pode sair do G4, se perder, e o Grêmio (55) entra, caso ganhe amanhã (domingo, 11) do Vasco, em Porto Alegre.

MUDANÇA – Três com 46 pontos – Atlético Mineiro, Santos e Cruzeiro – podem provocar mudança na disputa de vaga para a fase pré-Libertadores. O Atlético terá que manter a vantagem em vitórias (13) e o Cruzeiro, igual ao Santos com 12 vitórias, terá que melhorar o saldo de gols, bem abaixo do Santos (9) e do Atlético (10). Quem também pode dar uma subida é o Atlético Paranaense (43 pontos, 12 vitórias) e saldo de gols (12) bem favorável. Cruzeiro e Atlético Paranaense jogarão às 19 horas, no Mineirão.

TIME MANTIDO – O Flamengo vai repetir a escalação que iniciou no empate com o São Paulo no Morumbi e a tendência é que o time apresente rendimento ainda mais satisfatório. Time: César, Pará, Rever, Léo Duarte e Renê; Cuellar, Arão, Everton Ribeiro e Lucas Paquetá; Uribe e Vitinho. 

DUAS DÚVIDAS – O Botafogo tem dúvidas no meio-campo e no ataque, mas a motivação aumentou com a boa exibição e a vitória sobre o Corinthians. Se ganhar o clássico, abre vantagem sobre os que estão nas últimas colocações. Com 38 pontos e 9 vitórias, o Botafogo precisa sair do incômodo saldo negativo de gols – 11 – e dar boa subida. Time: Gatito, Marcinho, Carli, Igor e Gilson; Mateus Fernandes, Lindoso, Luis Fernando e Valencia (Renatinho); Erik e Kieza (Brener).

TABU – No clássico paulista, que Corinthians e São Paulo disputarão às 17 horas, o São Paulo vai tentar a quebra do tabu de ainda não ter conseguido vencer na Arena Corinthians. O presidente do Corinthians admite a troca de técnico em 2019 porque o time não tem correspondido e das 10 vitórias em 32 jogos, Jair Ventura só obteve 3. O Corinthians é décimo segundo com 39 pontos, ainda correndo o risco de ser rebaixado.

MAIS CEDO – O último jogo deste sábado (10) é o que se pode classificar como sessão terror mais cedo. Os filmes de terror geralmente são exibidos após as 23 horas, mas América Mineiro e o lanterna Paraná jogarão às 21 horas, no estádio Independência, em Belo Horizonte. Uma sessão terror mais cedo.