Escolha uma Página

O FLAMENGO PROJETOU MUITO uma final de sonhos com o Real Madrid, mas foi eliminado pelo Al Hilal, onze dias após perder a decisão da Supercopa do Brasil para o Palmeiras. Pela primeira vez o Flamengo ficou fora da final do Mundial de clubes, após campeão em 1981 e de perder a decisão de 2019, ambas com o Liverpool.

O FLAMENGO começou a perder a vaga na final com apenas três minutos de jogo, quando Mateuzinho empurrou Vietto com o braço e o árbitro marcou pênalti, sem auxílio do VAR. O goleiro Santos caiu certo no canto direito, mas não chegou a tocar na bola, que Salem Al-Dawsari colocou bem no canto direito, sem tanta força.

O FLAMENGO empatou aos 20 minutos, em jogada de Everton Ribeiro e Mateuzinho, concluída no canto direito com chute bem colocado de Pedro. Ficou a impressão de que haveria a virada, mas aos 52 minutos, Gerson pisou no tornozelo de Vietto, o árbitro foi ao VAR e confirmou o pênalti, que Salém converteu.

O FLAMENGO SAIU para o intervalo com prejuízo duplo, no placar e com a expulsão de Gerson, pelo segundo cartão amarelo, depois de ser o primeiro advertido do jogo, aos 15 minutos, por simulação grosseira de pênalti. Leo Pereira e Arrascaeta não voltaram para o 2º tempo, entrando Fabricio Bruno e Erick Pulgar.

O AL HILAL ganhou espaço para tocar bem a bola, acertou o travessão aos 13, em chute de André Carrillo, e fez 3 x 1 aos 25, com Vietto marcando o gol mais bonito da noite. Pedro marcou o 2º gol aos 46 e o jogo foi aos 54 minutos, mas o Flamengo já não tinha pernas para empatar e levar a decisão aos pênaltis.

O TÉCNICO PORTUGUÊS Vítor Pereira, que faz muitas anotações durante o jogo, tem repetido que “é preciso corrigir erros da defesa”, o que na prática não se vê quando o Flamengo é pressionado. Nas duas decisões, sofreu 7 gols, 4 do Palmeiras, 3 do Al Hilal. Há evidências de que existem peças com prazo de validade vencido.

O TIME ELIMINADO: Santos, Mateuzinho, David Luiz, Leo Pereira (Fabricio Bruno) e Ayrton Lucas; Tiago Maia (Arturo Vidal), Gerson, Everton Ribeiro (Cebolinha) e Arrascaeta (Erick Pulgar); Gabriel e Pedro. O Flamengo decide o 3º lugar, sábado (11), com Real Madrid ou Al Ahly, que disputam neste 4ª ( 8 ) a outra vaga na final.

AL HILAL, primeiro saudita na final do Mundial de clubes: Al Muaiouf, Saud, Jang, Al Bolohai e Khalifah (Nasser); Cuellar, André Carrrilo e Luciano Vietto (Jahfair); Salem Al-Dawasari, Moussa Marega e Ighalo (Michael). Técnico – Ramon Diaz, argentino de 63 anos, artilheiro no River, Napoli, Inter de Milão, Mônaco e Fiorentina.

AL HILAL 3 x 2 FLAMENGO registrou 15 faltas de cada equipe. Atuação segura do árbitro romeno Istvan Kovacs, de 38 anos, que aplicou cartões amarelos em Gerson, Gabriel, David Luiz, Erick Pulgar e Tiago Maia, e em quatro sauditas. Correto na marcação dos pênaltis e nos cartões amarelo e vermelho ao meia Gerson.

COM 6 GOLS EM 6 JOGOS em 2023, Pedro tornou-se o segundo jogador do Flamengo a marcar em todas as competições: Campeonato Brasileiro, Carioca, Copa do Brasil, Supercopa do Brasil, Libertadores, Recopa Sul-Americana e Mundial de clubes. O primeiro foi Bruno Henrique, que acompanha a delegação no Marrocos e intensifica os treinos para reaparecer em meados de abril, após cirurgia no joelho.

O FLAMENGO DEIXOU de ganhar 10 milhões de dólares, com os 5 milhões da Fifa ao campeão e o prêmio de 5 milhões prometido pelo presidente da Confederação Sul-Americana de Futebol. Alejandro Dominguez, paraguaio e torcedor do Olímpia, disse que “o futebol sul-americano precisa sempre de grandes conquistas”.

SE CONSEGUIR ganhar o terceiro lugar, com Real Madrid ou Al Ahly, do Egito, o Flamengo ainda receberá dois milhões de dólares. O clube havia feito projeção de grande lucro na decisão da Supercopa do Brasil e na conquista do Mundial de clubes, mas o objetivo não chegou a ser alcançado.

OS TORCEDORES do Flamengo estão irritados com o técnico Vitor Pereira, que, segundo eles, “ainda não conseguiu dar padrão de jogo ao time e só vive dizendo que a defesa precisa melhorar, mas não mostra competência para corrigir os erros”. O treinador completou o 8º jogo perdendo a decisão com o Palmeiras e eliminado pelo Al Hilal.

O FLAMENGO decidirá a Recopa Sul-Americana com o Independiente del Valle, nos dias 21, no Equador, e 26, no Maracanã. Antes, fará os jogos do Carioca, dia 15 com o Volta Redonda, e dia 18, com o Resende. Os três últimos jogos da Taça Guanabara serão os clássicos com Botafogo, Vasco e Fluminense, em datas a serem confirmadas.

Foto: AMA/Getty Images, Diário de Goiás e Divulgação