DEPOIS DE DUAS DERROTAS – 4 x 0 para o São Paulo e 1 x 0 para o Atlético Mineiro -, o Athletico Paranaense marcou o 1º gol e tirou a invencibilidade do Flamengo, que pelo segundo jogo consecutivo não fez gol no Campeonato Brasileiro de 2022. O gol que decidiu o jogo deste sábado (23), na Arena da Baixada, em Curitiba, foi do meia uruguaio Terans, batendo pênalti do lateral chileno Isla no ponta Marcelo Cirino.

O FLAMENGO NÃO TEVE bom desempenho ofensivo, mesmo depois da entrada de Everton Ribeiro no intervalo, e de Gabriel e Andreas, aos 18 do 2º tempo. Do início ao fim, pela primeira vez com o técnico Paulo Sousa, Pedro foi apagado, com uma única finalização na direção do gol, perto da trave esquerda do goleiro Bento.

ALÉM DE MOSTRAR FIRMEZA na marcação, o Athletico ocupou bem os espaços e saiu sempre com perigo nos contra-ataques, como no lance do pênalti que decidiu o jogo. Marcelo Cirino foi derrubado por Isla, lance claro, sem que o árbitro precisasse recorrer ao VAR. Terans bateu de canhota, Hugo acertou o canto direito, mas sem chegar na bola, aos 32 do 1º tempo. Aos 25, Terans já havia acertado o travessão.

ATHLETICO – Bento, Orejuela, Mateus Felipe, Pedro Henrique e Abner; Bryan Garcia, Pablo Siles (Christian) e Terans (Marlos); Canobbio, Vitinho (Lucas Halter) e Marcelo Cirino (Pablo, que voltou do São Paulo com reestreia discreta). Técnico – Fábio Carille. O Athletico saiu da lanterna, mas ainda pode terminar a rodada entre os quatro últimos.

FLAMENGO – Hugo, Willian Arão, Pablo e Leo Pereira; Isla, Gomes (Andreas), Tiago Maia (Gabriel) e Lázaro (Everton); Arrascaeta, Pedro e Marinho (Diego, que nada acrescentou ao entrar aos 26 do 2º tempo). O técnico português Paulo Sousa gosta de fazer experiências durante as competições.

SEIS CARTÕES – Atuação firme do árbitro paulista Raphael Claus, cotado para a Copa do Mundo. Foi seguro na marcação do pênalti de Isla em Cirino e na aplicação dos cartões amarelos em Orejuela, Mateus Felipe, Christian e Lucas Halter, e nos dois únicos do Flamengo: Pablo e Marinho. R$1.079.455,00. 23.644 pagantes.
FOI O 53º JOGO ENTRE OS TIMES no Campeonato Brasileiro e o Athletico ampliou a vantagem sobre o Flamengo, com a 23ª vitória, contra 19, e 11 empates. A vantagem do Athletico é ainda maior como mandante: em 29 jogos, 18ª vitória, 9 empates e só duas vitórias do Flamengo, que completou quatro jogos sem ganhar na Arena da Baixada, cujo teto retrátil, único do Brasil, ficou o tempo todo fechado.

O FLAMENGO, LÍDER DO GRUPO H da Libertadores, com 100º de aproveitamento,  deve ampliar a vantagem sobre a vice-líder Universidad Católica, 5ª (28), no Chile. Dia 1 de maio o Flamengo estreia na 3ª fase da Copa do Brasil com o Altos, do Piauí; dia 4, jogará com o Talleres, na Argentina, e a volta ao Brasileiro será sábado (7), no Maracanã, com o Botafogo, pela 5ª rodada.

O ATHLETICO PARANAENSE decidirá o 1º lugar do Grupo B da Libertadores com o Libertad, do Paraguai, 3ª (26), no estádio Defensores del Chaco, em Assunção. Ambos têm 4 pontos e o Libertad lidera por ter marcado mais gols (3 x 2), enquanto o Athletico marcou 1 e não sofreu gol.

Foto: Superesportes