Escolha uma Página

PELA PRIMEIRA VEZ, após 35 rodadas, o Flamengo igualou os pontos de um líder da Série A de 2023, mas não conseguiu o 1º lugar, por ter menos saldo de gols que o Palmeiras. Ambos têm 63 pontos, 18 vitórias, 9 empates, 8 derrotas, mas o Palmeiras lidera pelo saldo de 9 gols (26 a 17). O Palmeiras tem o ataque mais positivo (58) e sofreu 32; o Flamengo, 3º melhor ataque (54), sofreu 37. O Botafogo caiu para o 3º, com 62 pontos, e o Atlético Mineiro subiu para o 4º, com 60.

O FLAMENGO VENCEU o América Mineiro, lanterna e já rebaixado, por 3 x 0, gols de Cebolinha, de cabeça, aos 29 do 1º tempo, e de Pedro, aos 5, e Everton Ribeiro, de letra, aos 40, em jogo com o recorde de público de 2023 no Parque do Sabiá, em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, a 537 km da capital Belo Horizonte: 38.174 pagantes, superando os 34.344 de Atlético Mineiro 1 x 0 Cruzeiro, gol de Hulk, da 8ª rodada, em 23 junho.

FOI A SÉTIMA VITÓRIA, sexta sem sofrer gol, desde que Tite assumiu: 2 x 0 no Cruzeiro e no Fortaleza; 3 x 0 no Palmeiras e no América Mineiro; 1 x 0 no Vasco e no Bragantino; em seus nove jogos, o técnico levou duas viradas, 3 x 2 do Grêmio e 2 x 1 do Santos, e empatou o Fla-Flu (1 x 1). O 10º jogo de Tite, 4ª feira (29), no Maracanã, com o Atlético Mineiro, 4º com 60 pontos, que hoje (26) venceu o Grêmio por 3 x 0, é decisivo. O empate será ruim para ambos.

O TIME DOS 3 x 0 NO AMÉRICA: Rossi, Mateuzinho (Wesley), Fabricio Bruno, Leo Pereira e Ayrton Lucas (Filipe Luis); Erick, Gerson (Luis Araújo) e Arrascaeta (Everton Ribeiro); Cebolinha, Pedro e Bruno Henrique, que voltou a ser titular e ganhou a braçadeira de capitão da equipe. O técnico só o substituiu aos 19 do 2º tempo, por Tiago Maia, que será titular no jogo com o Atlético Mineiro, porque o chileno Erick vai cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo, por falta dura.

O FLAMENGO fará o último jogo do ano no Maracanã, no próximo domingo (3), com o Cuiabá, e na rodada final irá ao Morumbi, onde perdeu a decisão da Copa do Brasil para o São Paulo (1 x 1, depois de 0 x 1, gol de Calleri, no Maracanã). Desde já, é grande a expectativa em torno da reformulação do elenco para a campanha de 2024. O técnico Tite está analisando dispensas e contratações, uma delas a do meia uruguaio De La Cruz, que joga no argentino River Plate.

CONFRONTO DE EX-TÉCNICOS DA SELEÇÃO

FLAMENGO x ATLÉTICO MINEIRO marcará o reencontro dos técnicos que dirigiram a seleção brasileira nas três últimas Copas do Mundo: Luis Felipe Scolari, ganhador do último título, em 2002, e perdedor da decisão do 3º lugar com a Holanda (3 x 0), em 2014, e Tite, terceiro a comandar a seleção em duas Copas consecutivas, depois de Zagallo (70-74) e Telê Santana (82-86). A seleção de Tite ficou em sexto na Copa de 2018 e em sétimo na Copa de 2022.

O ATLÉTICO MINEIRO tirou o Grêmio do 4º lugar, ao impor 3 x 0 ao pentacampeão gaúcho, na noite de hoje (26), na Arena MRV, em Belo Horizonte, diante de 39.337 pagantes. O lateral Arana fez o gol do 1º tempo, com belo sem-pulo, aos 25, e na volta do intervalo, logo aos 4 minutos, o argentino Matias Zaracho ampliou, com assistência de Hulk, que fez o terceiro aos 13, após boa jogada de Paulinho, artilheiro do Brasileiro de 2023 com 17 gols.

O ATLÉTICO MINEIRO, 4º com 60 pontos, 17 vitórias, saldo de 19 gols (46 a 27), também na briga pelo título: Everson, Saravia, Jemerson, Maurício Lemos e Arana; Otavio (Alan Franco), Zaracho, Edenilson (Pavon) e Igor Gomes (Rubens); Paulinho (Patrick) e Hulk. Depois do jogo de 4ª feira (29) com o Flamengo, o Atlético Mineiro jogará em casa com o São Paulo, e na última rodada, 4ª feira (6), visitará o Bahia.

Fotos: Gilvan de Souza / CRF