O FLAMENGO PERDEU a vice-liderança do Campeonato Brasileiro da Série A para o Internacional e ficou a nove pontos do líder Palmeiras, ao empatar em 1 x 1 com o Goiás, na noite deste domingo (11), no jogo de encerramento da 26ª rodada, no estádio Hailê Pinheiro, no bairro nobre da Serrinha, em Goiânia.

O FLAMENGO COMETEU muitos erros, de passes e finalizações no 1º tempo, e caiu de rendimento na volta do intervalo. O meia Diego, de 26 anos, fluminense de Macaé, revelado no Resende, fez o gol do Goiás, aos 34, após boa jogada do gaúcho Pedro Raul, vice-artilheiro do campeonato, emprestado pelo Kashiwa Reysol.

O FLAMENGO empatou aos 39, com Mateus França finalizando com o gol vazio. O árbitro catarinense Ramon Abatti marcou falta do zagueiro Leo Pereira no goleiro Tadeu, mas foi chamado pelo VAR e ficou quatro minutos revendo o lance. O Goiás protestou e o Flamengo comemorou pelo menos um ponto em jogo quase perdido.

COM O 6º EMPATE, o Flamengo perdeu a vice-liderança para o Internacional por 1 ponto (45 a 46), e ficou a 9 pontos do líder Palmeiras (54), com mais duas vitórias (15 a 13). O Fluminense é 4º, igual ao Flamengo em pontos (45) e em vitórias (13), mas o Flamengo é 3º por mais saldo de gols que o Fluminense (19 a 10).

GOIÁS 1 x 1 FLAMENGO registrou R$731.500,00. 11.584 pagantes (13.798 presentes), no estádio Hailê Pinheiro, em homenagem ao maior presidente da história de 79 anos do Goiás, falecido aos 86 anos no feriado de 7 de setembro. A memória dele foi homenageada antes do jogo no estádio da Serrinha.

GOIÁS – Tadeu, Maguinho, Caetano, Reinaldo e Sávio; Auremir (Felipe Bastos), Diego (Apodi) e Marquinhos Gabriel (Caio); Vinicius (Renato Jr), Pedro Raul e Dadá Belmonte (Mateus Sales). Técnico – Jair Ventura, 9º colocado, 36 pontos, 9 vitórias, 9 empates, 8 derrotas, próximo jogo, domingo (18), fora de casa, com o Bragantino.

FLAMENGO – Santos, Mateuzinho, David Luiz, Leo Pereira e Ayrton Lucas; Tiago Maia, Arturo Vidal (João Gomes) e Everton Ribeiro (Arrascaeta); Marinho (Rodinei), Cebolinha (Mateus França) e Victor Hugo (Mateusão). O técnico Dorival Jr não contou com Gabriel e Pedro, suspensos.

COM A VANTAGEM de poder perder por 1 gol, após vencer no Morumbi por 3 x 1, o Flamengo decidirá a vaga na final da Copa do Brasil com o São Paulo, 4ª (14), no Maracanã. O outro finalista será conhecido 5ª (15), na Arena Corinthians. No jogo de ida, no Maracanã, Fluminense 1 x 1 Corinthians. 

CORINTHIANS EMPATA E SAI DO G4

O SÃO PAULO MANTEVE A ESCRITA sobre o Corinthians, que completou cinco anos sem vencer no Morumbi, e com o 1 x 1 da tarde deste domingo (11), saiu pela primeira vez do G4 depois de 26 rodadas. Foi o segundo empate no Campeonato Brasileiro, depois de duas vitórias do São Paulo no Campeonato Paulista em 2022.

YURI ALBERTO fez o gol do Corinthians de fora da área, com belo chute no ângulo aos 14 minutos, e Eder empatou aos 33, convertendo pênalti que sofreu do zagueiro Gil. Os times tentaram a vitória na volta do intervalo, mas as defesas se impuseram e mantiveram o resultado, justo pelo que produziram.

SÃO PAULO 1 x 1 CORINTHIANS, com R$2.291.454,00. 46.444 pagantes. Boa arbitragem de Marcelo de Lima Henrique, fluminense de Itaboraí, que atua pela Federação Cearense de Futebol. Com o 13º empate, o São Paulo soma 31 pontos em 13º lugar. O Corinthians caiu para o 5º lugar com 44 pontos.

O CORITIBA SAIU do rebaixamento ao vencer o Atlético Goianiense por 2 x 0, gols de Alef Manga, de cabeça, aos 49, e de Fabricio, aos 4 minutos do 2º tempo. O Coritiba é 16º, com 28 pontos, após a 8ª vitória, e o Atlético Goianiense permanece em 19º, com 22 pontos, após a 14ª derrota.

Foto: Na Telinha – UOL / SuperEsportes / Assessoria Goiás E.C.